Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Castigo Máximo

De forma colocada, de paradinha, ou até mesmo à Panenka ou Cruijff, marcaremos aqui a actualidade leonina. Analiticamente ou com recurso ao humor, dentro ou fora da caixa, seremos SPORTING sempre.

De forma colocada, de paradinha, ou até mesmo à Panenka ou Cruijff, marcaremos aqui a actualidade leonina. Analiticamente ou com recurso ao humor, dentro ou fora da caixa, seremos SPORTING sempre.

Castigo Máximo

15
Fev19

10 pensamentos inquietantes


Pedro Azevedo


  1. A expulsão de Acuña ontem não foi certamente o zenit(e) da sua passagem pelo Sporting, mas pode ter-lhe valido uma (A)cuña para uma passagem de avião até São Petersburgo.

  2. Keizer é cada vez menos Keizer e mais Hitchcock: nunca se sabe o que vai sair dali, pelo que o "suspense" é grande. Por vezes até vira drama, como na recepção aos "Pássaros". 

  3. Não sei quem foram os "Estudiantes de La Plata", mas certamente não ensinaram ao equatoriano o que é o Sporting.

  4. É só uma ideia, mas se calhar, em vez de "vendermos" aos novos recrutas a ideia de que formámos o Cristiano e o Figo, poderíamos explicar-lhes que o Manuel Fernandes e o Peyroteo jogaram 13 anos connosco.

  5. Para todos os que se incomodavam que o Sporting fosse quase sempre "Bruno Fernandes+10", ontem foi "Coates+9". Não foi melhor.

  6. Suspeito que em Alvalade anda a ler-se muito Nietzsche, nomeadamente aquela parte de que as convicções são inimigas da verdade bem mais perigosas que as mentiras.

  7. Gostava que me esclarecessem se temos olheiros ou olheiras (daquelas caríssimas, de ficar a ver jogos sul-americanos até às tantas).

  8. O Gudelj ontem não foi culpado da derrota.

  9. É agora que o Thierry vai ser promovido (lesão de Gaspar), ou vamos adaptar um "Petrovic"?

  10. Para alguns, Alvalade é o paraíso do niilismo: declínio, ressentimento, incapacidade de avançar, paralisia. E o Sporting? Pois, está bem...

2 comentários

  • Imagem de perfil

    Pedro Azevedo 15.02.2019

    Viva, meu caro JG. É com enorme gosto que o leio também por aqui.

    Ontem tive uma das derrotas mais difíceis de digerir. Pelo pouco futebol produzido e ambiente das bancadas. Dei por mim a pensar no que poderá estar na origem desta queda de produção do futebol de Keizer. É impossível esquecermo-nos daquele empolgamento inicial, dos 30 golos em 7 jogos. O que se passou?

    Nós só temos pistas e com elas vamos compondo um puzzle. Por isso, o que vou fazer aqui é diferente de um exercício 100% especulativo, mas tem alguns níveis de liberdade. A dado momento a imprensa noticiou que vinha um técnico da equipa B onde trabalhava Jesus para ajudar a melhorar a nossa transição defensiva. No artigo que li vinha mencionado que o tal Rodolfo era perito nessa vertente do jogo. Não sei se a tentarmos melhorar uma vertente acabámos por ficar numa encruzilhada. Muitas vezes avisei para Keizer fazer ouvidos moucos do que dizia a imprensa, dos 8 golos sofridos e assim, pois os 30 golos marcados davam margem para não sermos perfeitos na defesa.

    Hoje, tudo se perdeu. Entretanto, veio um iraniano, chegou agora um profissional que actuava junto de equipas de rugby, entrou o Raul José e o Miguel Quaresma, e não sei como isto tudo se conjuga. A verdade é que chegaram 3 pessoas que trabalhavam de perto com JJ. Como ainda me lembro dos Alan Ruiz, Markovic, Campbell, etc, estranhei que um dos adjuntos de Jj viesse para chefiar o Scouting. Das duas uma: ou era um "verbo de encher" do Mestre, e isso não o recomenda propriamente, ou partilhava das suas ideias, isto é, é co-responsável pelas contratações falhadas (rácio muito negativo, pese embora o Bruno Fernandes). Na Formação poderíamos seguir exactamente a mesma lógica apresentada anteriormente.

    Adicionalmente, se Keizer cedeu nas suas ideias em função de outros, então isso também não é muito lisonjeiro para o treinador. Enfim...

    Bom, deitei-me a pensar nisto tudo e após ter feito uma crónica em que me contive na medida do possível. Eis que as notícias desta tarde, desde venda de jogadores, passando pelas declarações de LPM, até à decisão em relação ao e-toupeira me deixaram ainda mais perplexo.

    Acho que se está a deitar a toalha ao chão por motivos financeiros e que não há uma boa avaliação da valia do plantel. Eu acreditava que tínhamos 4 jogadores de top, sendo dois já veteranos (Bruno, Acuña, Mathieu e Nani), seguidos, num degrau abaixo, de Dost, Battaglia, Wendel, Coates, Montero e Raphinha. Ora, sairem 2 dos melhores 10 não pode ser bom. Acresce que não contámos com Acuña, Montero e Nani em jogos importantes e fica a dúvida se alguém os impediu de ir a jogo perante uma venda iminente, ou se estavam lesionados.

    Depois, vejo Miguel Luís estar 1 mês sem jogar e voltar num jogo europeu, Jovane praticamente a mesma coisa. Creio que foi notório que esses jogadores - importantes numa determinada fase - perderam a confiança neles próprios. Foi opção técnica? Ou deveremos dar crédito a rumores sobre questões contratuais? Outra dúvida...

    Enfim, há muitas interrogações e Keizer certamente não está ilibado de responsabilidades, mas não me parece correcto que tenha de assacar com tudo. Creio que é notório que faltam convicções no Mundo Sporting. A questão da identidade do clube não está a ser bem tratada, há tergiversão na política desportiva (entraram 10 jogadores no Mercado de Inverno, para quê??), fomos apanhados naquela questão do Pedro Henriques (ninguém sabia?).

    Sinceramente, às vezes penso que estamos a viver uma realidade alternativa, tipo Underground do Kusturica, ou o Good Bye Lenin...

    Um abraço para si e espero vê-lo mais vezes também por aqui, pois é com muito gosto que consigo troco opiniões.
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Mais sobre mim

    Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Mensagens

    Arquivo

    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2020
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2019
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2018
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D

    Castigo Máximo

    De forma colocada, de paradinha, ou até mesmo à Panenka ou Cruijff, marcaremos aqui a actualidade leonina. Analiticamente ou com recurso ao humor, dentro ou fora da caixa, seremos SPORTING sempre.

    Siga-nos no Facebook

    Castigo Máximo

    Comentários recentes

    • Anónimo

      Aconteça o que acontecer, o abanão está aqui. Pode...

    • Pedro Azevedo

      Caro Carlos Santos, o que me parece, sinceramente,...

    • JG

      Não sei se irá para a frente este projecto. A reac...

    • Anónimo

      Boa noite Pedro:É a lei das vantagens adquiridas, ...

    • David Craveiro

      Pedro,Completamente de acordo com o seu post e acr...