Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Castigo Máximo

De forma colocada, de paradinha, ou até mesmo à Panenka ou Cruijff, marcaremos aqui a actualidade leonina. Analiticamente ou com recurso ao humor, dentro ou fora da caixa, seremos SPORTING sempre.

De forma colocada, de paradinha, ou até mesmo à Panenka ou Cruijff, marcaremos aqui a actualidade leonina. Analiticamente ou com recurso ao humor, dentro ou fora da caixa, seremos SPORTING sempre.

Castigo Máximo

29
Mar19

A energia by Keizer


Pedro Azevedo

Espreme-se uma entrevista a Marcel Keizer e pouco sumo se retira, para além do respeito pelo espectador consubstanciado numa ideia de futebol positivo que agrade às bancadas. Há, no entanto, uma recorrente alusão à palavra "energia". Tão constante no seu discurso que nem mesmo Joules a terá tanto empregue.

 

Energia não é mais do que a capacidade de produzir um trabalho ou de realizar uma acção concreta. Em física, a energia associada ao movimento dos corpos denomina-se de cinética. Adensando um pouco mais o conceito, a energia própria de uma equipa de futebol, que pressupõe a interacção entre corpos que ocupam diferentes posições espaciais tem o nome de energia potencial. Esta, segundo Faraday, implica a existência de um campo, uma forma de propagação de electricidade. 

 

O papel do treinador de futebol é assegurar que a corrente continue a passar no campo. Para que tal aconteça, o treinador não pode dar azo a que surjam interruptores que tornem o sistema aberto, ou permitir que alguns isolantes prevaleçam sobre os bons conductores de energia, interrompendo assim a interacção electromagnética. Por isso, mais do que falar da energia em geral, Keizer dever-se-ia aplicar em escolher correctamente a matéria que lhe permita ter uma corrente contínua e de alta intensidade. 

 

Não basta dizer que se vive o futebol 24 horas por dia. Quem só sabe de futebol, nada sabe de futebol. E a física talvez possa contribuir para que tenhamos uma boa energia...

keizer energia.jpg

2 comentários

  • Imagem de perfil

    Pedro Azevedo 29.03.2019

    Entretanto, o Post já lá está. Tipo "discos pedidos", mas sem necessitar de dizer a frase
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Mais sobre mim

    Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Mensagens

    Arquivo

    1. 2022
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2021
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2020
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2019
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2018
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D

    Castigo Máximo

    De forma colocada, de paradinha, ou até mesmo à Panenka ou Cruijff, marcaremos aqui a actualidade leonina. Analiticamente ou com recurso ao humor, dentro ou fora da caixa, seremos SPORTING sempre.

    Siga-nos no Facebook

    Castigo Máximo

    Comentários recentes

    • Aboím

      O nome que me faltava era Duarte e o pai dele tinh...

    • Aboím

      Sou de facto do Norte (nascido em Trás os Montes) ...

    • Pedro Azevedo

      E eu a pensar que os holandeses sonhavam com tulip...

    • Pedro Azevedo

      Caríssimo Aboím, ganhámos!!! Mas podíamos ter poup...

    • Aboím

      Num comentário anterior eu deveria ter escrito (co...