Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Castigo Máximo

De forma colocada, de paradinha, ou até mesmo à Panenka ou Cruijff, marcaremos aqui a actualidade leonina. Analiticamente ou com recurso ao humor, dentro ou fora da caixa, seremos SPORTING sempre.

De forma colocada, de paradinha, ou até mesmo à Panenka ou Cruijff, marcaremos aqui a actualidade leonina. Analiticamente ou com recurso ao humor, dentro ou fora da caixa, seremos SPORTING sempre.

Castigo Máximo

20
Dez19

Acuña Matata!


Pedro Azevedo

Marcos Acuña, argentino de 28 anos, é um daqueles jogadores que todas as equipas que ambicionam ser campeãs necessitam de ter na devida proporção no seu plantel. Aliás, se algo temos a lamentar não é o facto de termos um Acuña, mas sim o não haver mais uns quantos assim (Bruno Fernandes, que alia classe e raça, excluído). Bem sei, por vezes excede-se e há adeptos que não lhe perdoam tanta impetuosidade. Esquecem-se que geralmente as nossas maiores virtudes estão muito perto de serem os nossos maiores defeitos. Mudar o argentino, na esperança de que passasse a ser um menino do coro em termos disciplinares, iria provavelmente inibir as suas melhores qualidades: a raça e entrega ao jogo que coloca em cada movimento no relvado, como se a sua vida estivesse dependente do desenlace de cada lance que disputa. Essas características exercem um mimetismo em todos aqueles saudosos do Sporting dos nossos egrégios avós. Ele estimula-nos a memória e faz-nos recuar aos tempos de glória e amor à camisola. Nada como recorrer ao poeta Régio para transmitir a sensação que tenho quando Acuña está em campo: com ele, o Sporting é "um vendaval que se soltou, uma onda que se alevantou, um átomo a mais que se animou". Ecce homo: Marcos Acuña, "Acuña" Matata, o Rei Leão!

 

P.S. Embora sem a técnica do argentino, o macedónio Ristovski é outro jogador que me encanta pela disponibilidade posta em campo.

acuña.jpg

1 comentário

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D

Castigo Máximo

De forma colocada, de paradinha, ou até mesmo à Panenka ou Cruijff, marcaremos aqui a actualidade leonina. Analiticamente ou com recurso ao humor, dentro ou fora da caixa, seremos SPORTING sempre.

Siga-nos no Facebook

Castigo Máximo

Comentários recentes

  • Anónimo

    Caro Pedro,Talvez por mero acaso estou-me a lembra...

  • Pedro Azevedo

    Fantasma na ópera e eSCALAr para a Europa. Faz sen...

  • Pedro Azevedo

    Entretanto, o Famalicão deu-nos uma mãozinha…

  • João Gil

    O Sporting não vai chegar tarde à Europa. O Benfic...

  • JG

    Caro Pedro sem dúvida esses troféus são importante...