Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Castigo Máximo

De forma colocada, de paradinha, ou até mesmo à Panenka ou Cruijff, marcaremos aqui a actualidade leonina. Analiticamente ou com recurso ao humor, dentro ou fora da caixa, seremos SPORTING sempre.

De forma colocada, de paradinha, ou até mesmo à Panenka ou Cruijff, marcaremos aqui a actualidade leonina. Analiticamente ou com recurso ao humor, dentro ou fora da caixa, seremos SPORTING sempre.

Castigo Máximo

19
Jan19

Contos de um Leão Rampante - Samuel Fraguito


Pedro Azevedo

"MENINO DO RIO"

 

"...E lá ia ele, cabeça levantada e olhos de falcão, sempre à procura de fazer nova presa, um passe teleguiado para golo.

 

E para economia de recursos (e descanso da canhota), o pé direito a trabalhar, parte de dentro aqui, parte de fora, acoli. Quaresma? Quaresma ainda não era nascido e já ele espantava meio-mundo como o Rei das Trivelas.

 

E a multidão ululante, animada por os Vapores do Rego, jovens estudantes brasileiros que iam a Alvalade tirar a "especialização".

 

E ele - que saíra em bebé para o Brasil, donde só voltara aos 15 anos, depois de 5 anos a jogar (e ganhar) no Fluminense - a deslumbrar no relvado, ao ritmo do samba que lhe encantava o corpo.

 

E eis que ergue a batuta e toda a equipa gira à sua volta numa mágica dança que é um pagode para os olhos.

 

E o povo reza, reza para que os seus joelhos não cedam hoje - sete operações são muito mais do que a conta para um homem - porque merece ver todo o sumo extraído deste senhor jogador nascido no Douro Vinhateiro.

 

E todos na bancada recordam no seu subconsciente aquele jogo internacional em que, junto à linha de fundo, usou os pés como tenazes - o mexicano Cuauhtémoc Blanco ainda não era nascido - e golpeou a bola por cima de 2 adversários incrédulos com o que viam, para depois centrar com precisão de regúa e esquadro para Yazalde finalizar.

 

"Ecce homo"! Samuel Fraguito, o Menino do Rio, Estrela da Abobeleira, génio e homem do futebol de rua ou de praia. De Copacabana, com amor (por o "belo jogo")!"

samuel fraguito.png

2 comentários

  • Imagem de perfil

    Pedro Azevedo 19.01.2019

    Caro RCL,

    tive 3 ídolos na minha meninice. Por ordem cronológica: Yazalde, Fraguito, Manuel Fernandes. Mais tarde, já como um jovem adulto, numa idade em que já não há ídolos, vi jogar o melhor de sempre a defender as nossas cores: Krasimir Balakov (classe pura).

    De Fraguito recordo especialmente o título de 80. Já se mexia pouco, consequência das inúmeras operações aos joelhos, mas quando a bola lhe chegava aos pés havia qualquer coisa de diferente. Era todo uma outra dimensão, a técnica refinada, os passes de trivela perfeitos a esburacar as defesas... Lembro-me de ir a Guimarães com o meu pai ver o penúltimo jogo do campeonato desse ano. Viajámos no Comboio Verde e tivemos de mudar em Campanhã. Foi o jogo do auto-golo de Manaca e eu estava por detrás dessa baliza. Ainda na primeira parte, o nosso ex-jogador saltou entre Manoel e Manuel Fernandes, se bem me recordo, e a bola bateu-lhe meio na nuca e traiu o guarda-redes vimaranense (Melo?). Depois, na etapa complementar, outro nosso ex-jogador (Vitor Manuel, avançado, antigo junior) rematou para empatar a partida. Fidalgo voou, bateu com a cabeça no poste (acabou com a cabeça entrapada) e defendeu por milagre. Saímos de Guimarães com o título nas mãos, mas ainda precisávamos de vencer a União de Leiria na última jornada. E vencemos (3-0), mas nem necessitaríamos pois o Porto perdeu em Espinho contra uma equipa creio que treinada por Manuel José. Esse último jogo tb foi mítico. Havia uma multidão que se estendia até às linhas do campo, com a Polícia de Choque a fazer um cordão. Quando Jordão marcou o terceiro desapareceu no meio da multidão e voltou já sem roupa. Ainda havia o peão. Memória de sonho, até porque, concomitantemente, o meu pai fez-me sócio nesse ano.

    SL
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Mais sobre mim

    Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Mensagens

    Arquivo

    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2020
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2019
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2018
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D

    Castigo Máximo

    De forma colocada, de paradinha, ou até mesmo à Panenka ou Cruijff, marcaremos aqui a actualidade leonina. Analiticamente ou com recurso ao humor, dentro ou fora da caixa, seremos SPORTING sempre.

    Siga-nos no Facebook

    Castigo Máximo

    Comentários recentes

    • Pedro Azevedo

      GPS é muito bom. Uma história curiosa: um grupo de...

    • Pedro Azevedo

      O Paulinho revela dificuldades na finalização a 1 ...

    • Verde Protector

      É una boa comparação com Firmino. Mas o brasileiro...

    • Pedro Azevedo

      Não esquecer a Quadriga Mafiosa do Liverpool forma...

    • Pedro Azevedo

      Obrigado, caro Verde Protector. A nossa mitologia ...