Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Castigo Máximo

De forma colocada, de paradinha, ou até mesmo à Panenka ou Cruijff, marcaremos aqui a actualidade leonina. Analiticamente ou com recurso ao humor, dentro ou fora da caixa, seremos SPORTING sempre.

De forma colocada, de paradinha, ou até mesmo à Panenka ou Cruijff, marcaremos aqui a actualidade leonina. Analiticamente ou com recurso ao humor, dentro ou fora da caixa, seremos SPORTING sempre.

Castigo Máximo

24
Jun19

Diaby a escaldar


Pedro Azevedo

Diaby, hoje capitão da sua selecção, marcou um golo - e que golo! - na vitória do Mali sobre a Mauritânia, em jogo a contar para a 1ª jornada do Campeonato Africano das Nações (CAN). No outro jogo do Grupo E, Angola e Tunísia empataram a um golo. Bruno Gaspar jogou os 90 minutos e Gelson Dala (vindo de lesão recente) entrou no recomeço (Angola perdia por 1-0). 

 

Com Acuña (Argentina) e Borja (Colômbia) já qualificados e Coates (Uruguai) a um pequeno passo de se apurar para os quartos-de-final da Copa América, também na CAN a sorte parece sorrir aos jogadores do Sporting. Boas notícias, pois certamente a sua cotação subirá.

9 comentários

  • Imagem de perfil

    Pedro Azevedo 25.06.2019

    Isto era um trocadilho com o Diabo, não com o tom de pele. Deus me livre entrar por aí.
  • Sem imagem de perfil

    HULK VERDE 25.06.2019

    Não brinquemos com o Diabinho, que ele é que domina o trocadilho... mas o Diaby até podia ser albino, que quanto mais escaldasse, mais ficava assadinho.
    E quem entrar por aí só pode ser parvinho.
  • Imagem de perfil

    Pedro Azevedo 25.06.2019

    Agora até parecia o Bruce Banner

    PS: às vezes é difícil evitar os anglicismos. "On-fire", diriam os ingleses. Enfim, humor "brutânico"...
  • Sem imagem de perfil

    HULK VERDE 25.06.2019

    E os francesismos. "En feu", diriam os gauleses.
    Enfim, humor "franco".
    Por falar no golo do Diaby, a sapatada foi tão forte que até se desequilibrou e tombou para o lado... o jogador tem brio e esforça-se em campo, gosto da mentalidade dele, já tem bastante experiência, não é muito esclarecido com bola mas tem momentos de lucidez e o ponto forte é o constante movimento, mesmo quando não resulta nada causa o seu desgaste... ou pelo menos um momento cómico, o que eu mais admiro no seu futebo - como por exemplo na final da Taça da Liga, a sacar um penalti do nada simplesmente por se movimentar e se interpor entre a bola e o jogador que lhe deu o pontapé.
  • Imagem de perfil

    Pedro Azevedo 25.06.2019

    É muito interessante o que diz. Eu consigo perceber o que atrai Keizer em Diaby. Ele é um jogador que se movimenta muito bem naquela roda em que consistia o futebol de Keizer nos primeiros tempos do Sporting. Um jogo de aproximações à bola e não de desmarcações no espaço. Um jogo em que os alas dissuadem, iludem, parecendo estar lá, porque tudo se destina a ferir o adversário no miolo, no centro, como se de xadrez se tratasse. Jogo esse a requerer boa leitura e disponibilidade física. Infelizmente, esse jogo de vertigem desapareceu. E com ele os golos de Diaby. Dizem que Keizer se adaptou, que foi melhor para a equipa. Para os meus sentidos não foi.

    Infelizmente, a inteligência nas movimentações e rapidez de Diaby não é acompanhada por uma boa definição. Há ali canela a mais para o meu gosto. E isso tornou-se mais notório a partir do momento em que o jogo posicional dos 7 primeiros jogos de Keizer desapareceu e a força da equipa passou a ser a das suas individualidades, com Bruno Fernandes à cabeça. Essa é a minha opinião.
  • Sem imagem de perfil

    HULK VERDE 25.06.2019

    Depois de me chamar Bruce Banner (esse lingrinhas) pode tratar-me por tu, que é menos ofensivo e eu prefiro.
    O Diaby sempre andou na corda bamba, mas de falta de afinco e de não se esforçar não podem acusá-lo. Já vi jogadores com atitude bem pior, alguns tão ou mais caros, outros nem por isso.
    É certo que tem limitações técnicas, mas se fosse ele o mais débil dos elementos do plantel não seria mau sinal.
    Não é um mau elemento, pode ser que ainda dê para sacar mais uns coelhos da cartola, ou até que apareçam interessados nos seus serviços.

  • Imagem de perfil

    Pedro Azevedo 25.06.2019

    É que se a inteligência fosse tudo no futebol, o Einstein e o Bobby Fischer tinham mais Bolas de Ouro do que o Messi e o Ronaldo juntos...
  • Sem imagem de perfil

    HULK VERDE 25.06.2019

    Inteligência e disponibilidade para o movimento já não são abundantes, nem nada de se deitar fora. Desde que não saia a custo 0 para "ganhar" em salários... seria o cúmulo, em vários prismas.

    Os únicos hat-tricks de onde saem coelhos da cartola, no que respeita a Diaby, é quando ele mata três coelhos de uma cajadada só, é de se lhe tirar o chapéu. É pouco frequente e isso ainda torna o número menos "batido".

    Diaby é improviso, Diaby é madrugadas em claro, Diaby é explosão, rasgo, golo e espontaneidade concentradas, com uma pitada de génio e raízes mágicas do Mali.
  • Comentar:

    CorretorEmoji

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Mais sobre mim

    Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Mensagens

    Blogs Portugal

    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D

    Castigo Máximo

    De forma colocada, de paradinha, ou até mesmo à Panenka ou Cruijff, marcaremos aqui a actualidade leonina. Analiticamente ou com recurso ao humor, dentro ou fora da caixa, seremos SPORTING sempre.