Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Castigo Máximo

De forma colocada, de paradinha, ou até mesmo à Panenka ou Cruijff, marcaremos aqui a actualidade leonina. Analiticamente ou com recurso ao humor, dentro ou fora da caixa, seremos SPORTING sempre.

De forma colocada, de paradinha, ou até mesmo à Panenka ou Cruijff, marcaremos aqui a actualidade leonina. Analiticamente ou com recurso ao humor, dentro ou fora da caixa, seremos SPORTING sempre.

Castigo Máximo

24
Jun19

Diaby a escaldar


Pedro Azevedo

Diaby, hoje capitão da sua selecção, marcou um golo - e que golo! - na vitória do Mali sobre a Mauritânia, em jogo a contar para a 1ª jornada do Campeonato Africano das Nações (CAN). No outro jogo do Grupo E, Angola e Tunísia empataram a um golo. Bruno Gaspar jogou os 90 minutos e Gelson Dala (vindo de lesão recente) entrou no recomeço (Angola perdia por 1-0). 

 

Com Acuña (Argentina) e Borja (Colômbia) já qualificados e Coates (Uruguai) a um pequeno passo de se apurar para os quartos-de-final da Copa América, também na CAN a sorte parece sorrir aos jogadores do Sporting. Boas notícias, pois certamente a sua cotação subirá.

4 comentários

  • Imagem de perfil

    Pedro Azevedo 25.06.2019

    Caro Daniel,

    o Borja ficou no banco nos dois primeiros jogos da Colômbia. Não jogou contra a Argentina e o Qatar (essa originalidade, conjuntamente com o Japão, da Copa América). Já apurados, e com o primeiro lugar garantido, os colombianos rodaram a equipa, utilizando 9 novos jogadores contra o Paraguai. Nesse jogo, Borja foi titular e jogou os 90 minutos.

    Seria bom que o Diaby se valorizasse, sim. Claro.

    O Samatta está nesta CAN. Numa equipa fraquinha, a Tanzânia. Perderam contra o Senegal, provavelmente uma das 3 consistentemente melhores selecções africanas dos últimos 10/20 anos, por 2-0, no primeiro jogo. É um bom ponta de lança. Marca muitos golos e tem mobilidade.

    Hoje estreia-se o Mama Baldé. Às 18h00, pela Guiné Bissau contra os Camarões.

  • Sem imagem de perfil

    Daniel 25.06.2019

    32 golos numa época é muito positivo, mesmo que o Samatta jogue na Bélgica, acho que isto não lhe retira o valor. A nível de selecção, é que se calhar está para a Tanzânia como o Aubameyang está para o Gabão, ou o Weah (no seu tempo) para a Libéria, isto nas selecções africanas por vezes acontece, grandes jogadores em selecções modestas.
    Gostei do pouco que vi do Samatta, forte fisicamente, bom pé esquerdo, bom jogo de cabeça, parece ser um jogador extremamente interessante e valerá a pena seguir.

    É bom termos vários jogadores com minutos nas suas respectivas selecções a competir em duas provas históricas. Não fazia ideia que o Mama Baldé tinha sido convocado para disputar a CAN, fico muito contente, merece estar lá, fez uma época muito boa, espero que lhe corra tudo bem.

    Pedro, parece que vamos ter dificuldade em segurar o Acuña, do que tenho lido parece estar a dar conta de si e a ser determinante, o Scaloni pelo menos não tem poupado nos elogios, óptimo para ele e para o Sporting, pelo menos a nivel financeiro, já que pode fazer uma venda interessante.
  • Imagem de perfil

    Pedro Azevedo 25.06.2019

    Daniel,

    costuma acontecer isso em África, de facto. Mas não é exclusivo. George Best teve uma selecção (Irlanda do Norte) muito aquém do seu imenso talento, por exemplo. Em casos menos extremos, a Francescoli, Hagi e Eusébio faltou-lhes melhor acompanhamento para a sua categoria sobressair ainda mais e se materializar em títulos. Também gosto do que vi em Samatta. Para além do que descreveu, agrada-me a sua mobilidade.

    Terei pena se Acuña sair. Creio que perdermos qualquer um dos 3 melhores jogadores (Bruno, Mathieu, Acuña) da equipa a enfraquecerá irremediavelmente. Preferia que se aproveitasse as boas prestações de Diaby (que não está nos meus 2 patamares cimeiros do plantel do Sporting) para o vender, ou mesmo Wendel (2º patamar), por quem me dizem haver interesses compradores perto dos 20 milhões. Essencial seria baixarmos os custos com pessoal, cortando naqueles jogadores que não fazem a diferença. Todos juntos, são mais de 25 milhões de custos fixos anuais empatados.

    O Mama Baldé vai estrear-se hoje. Oxalá seja titular e se possa mostrar. Marcou 10 golos na época passada, mais 3 do que Diaby, por exemplo. Com um Matheus mais técnico, enleante e jogador de ataque continuado e um Mama mais atlético, directo, com faro de golo e mais explorador de transições rápidas teríamos uma complementaridade interessante na luta pela ala direita.

  • Comentar:

    CorretorEmoji

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Mais sobre mim

    Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Mensagens

    Blogs Portugal

    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D

    Castigo Máximo

    De forma colocada, de paradinha, ou até mesmo à Panenka ou Cruijff, marcaremos aqui a actualidade leonina. Analiticamente ou com recurso ao humor, dentro ou fora da caixa, seremos SPORTING sempre.