Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Castigo Máximo

De forma colocada, de paradinha, ou até mesmo à Panenka ou Cruijff, marcaremos aqui a actualidade leonina. Analiticamente ou com recurso ao humor, dentro ou fora da caixa, seremos SPORTING sempre.

De forma colocada, de paradinha, ou até mesmo à Panenka ou Cruijff, marcaremos aqui a actualidade leonina. Analiticamente ou com recurso ao humor, dentro ou fora da caixa, seremos SPORTING sempre.

Castigo Máximo

14
Mar20

Dogmáticos "ma non troppo"


Pedro Azevedo

O Sporting é um clube curioso onde a antecipação de eleições merece um dogmático não baseado em "os mandatos são para cumprir", mas a eventual antecipação de receitas que em muito ultrapassam o corrente mandato nem sequer precisa de ir a Assembleia Geral (de clube e SAD). 

 

P.S. Não se pode questionar a interrupção de mandato, mas pode-se esvaziar o próximo mandato...   

10 comentários

  • Imagem de perfil

    Pedro Azevedo 15.03.2020

    Obviamente, o nome de Ruben Amorim destinou-se a dar algum fôlego a uma presidência a que já faltava o ar. Aproveitou-se assim o bom ciclo do ex-treinador bracarense. Só que para o ter pagou-se uma cláusula de rescisão de 10 milhões (foi a pronto como é exigível qdo há uma cláusula deste tipo, ou foi negociado com Salvador?) e um salário elevado para quem tem tão pouco tempo de trabalho. Um all-in. O último a sair que feche a porta.
  • Sem imagem de perfil

    Anónimo 15.03.2020

    Malcolm Allison não foi a primeira escolha de João Rocha. Allison com forte personalidade, excêntrico, apreciador do belo sexo, era olhado com desconfiança.
    Ganhou o campeonato e a Taça de Portugal, mas era um treinador a abater e a primeira oportunidade : Rua. O resto é conhecido.
    Rubens Amorim tem carisma vai ser um grande treinador no Sporting ou noutro clube.
    Historicamente os Sportinguistas não gostam de ganhadores. Foi assim com Bobby Robdon também.
  • Sem imagem de perfil

    Anónimo 15.03.2020

    Dei exemplos de 2 grandes treinadores que por motivos diferentes foram despedidos.
    Mas e José Mourinho, aposta de Luís Duque, barrado pela Juventude Leonina? Foi ganhar para o FCP.
    Enquanto o Sporting não tiver um presidente tipo Punzer não vamos lá.
    O Pedro é apreciado pelo meu grupo mas ainda não disse o que faria com as claques Somos contra “ um estado dentro do estado”. É o caro Pedro Azevedo?
    SL
  • Imagem de perfil

    Pedro Azevedo 15.03.2020

    Eu sou a favor de todos os que se comportem no sentido de pôr sempre os interesses do Sporting acima dos interesses pessoais ou de grupo. E deve andar distraído, porque sobre às claques escrevi que devem unicamente servir para apoiar equipas e atletas do Sporting, e não constituírem-se como contra-poder ou anti-poder. Acho que o que aconteceu em Alcochete necessita de um ‘reassurance’ de que de forma alguma se poderá repetir e isso implica que as claques que tiveram membros envolvidos façam a sua própria reflexão sobre esses acontecimentos. Sem essa reflexão não podemos avançar e as coisas devem ser claras e tratadas olhos nos olhos. Mas eu não quero um clube onde a linguagem crispada e o fanatismo/extremismo conduzam ao maniqueísmo e ao niilismo. E quer-me parecer que isso é uma responsabilidade de todos os sócios e não apenas das claques. E é também uma responsabilidade maior de qualquer Direcção de um clube. Por exemplo, já não concordo com que se misture a desastrosa política desportiva do clube com a actuação das claques. Uma coisa é uma coisa, outra coisa é outra coisa, e as partes devem saber sempre assumir as suas responsabilidades.

  • Sem imagem de perfil

    Anónimo 16.03.2020

    O mesmo chato
    Tomamos nota com agrado da sua opinião sobre as claques.
    Não se pode fazer nenhum acordo como Sousa Cintra.
    As claques serão sempre bem vindas para apoiar, caso contrário não estão a fazer nada, estas
    então apoiam os adversários.
    SL
  • Sem imagem de perfil

    Anónimo 16.03.2020

    Caro anónimo,

    Enquadre-se juridicamente e disciplinarmente as claques dentro do clube, com por exemplo a obrigatoriedade de apresentação anual do registo criminal e obrigatoriedade de ter as quotas em dia, bem como o cartão de sócio, para membro de claques identificativo dos mesmos, com obrigações e benefícios próprios. como forma de não estigmatizar os seus membros.Por Exemplo benefícios na aquisição de merchandising.

    Quanto a estruturas utilize-se os núcleos com votos electrónicos, e a disponibilidade de sócios com formação académica nas áreas jurídicas e económicas, para esclarecimentos, discussão e votação nos núcleos espalhados pelo país, dando benefícios aos sócios que colaborarem nessas secções de esclarecimento !
    Poderia a direcção ter um ou dois consulting Adviser, com a missão de auscultar e enquadrar as preocupações dos sócios através dos núcleos e de visitas regulares aos mesmos.
    Não sobrecarreguem a administração do clube com estruturas inócuas !

    É a minha humilde opinião !

    Saudações
  • Sem imagem de perfil

    Anónimo 16.03.2020

    De Paulo Dias

    O post anterior em que falo dos núcleos e de estruturas é de minha autoria,
    Peço desculpa, por me ter esquecido de identificar e assinar o Post.


    Saudações leoninas
    Paulo Dias
  • Sem imagem de perfil

    Anónimo 16.03.2020

    De Paulo Dias

    Caro Pedro, na sequência do meu post anterior, direi que; aproveitando as estruturas existentes( Núcleos) no Clube e dotando os Núcleos de voto Electrónico. Poderia-se designar núcleos que cobrissem áreas 25 Km2 ou 30 Km2 para sessões de esclarecimento e votação por ex. do R&C do clube, com a presença de Sócios com formação académica (economistas, Contabilistas, advogados, auditores financeiros etc.),
    dessas regiões, para esclarecer os sócios menos letrados nas questões financeiras e jurídicas dos documentos para subsequente votação !
    Ninguém se desloca a Lisboa, para o efeito !

    Exemplo disto, votação de uma futura revisão de estatutos a nível nacional !

    Para tanto bastaria manter a dimensão de grande clube nacional que somos.
    O que será difícil depois, de esta direcção do clube, abandonar os destinos do mesmo!

    Mas o senhor poderia reflectir sobre isto.
    Criar comissões para o efeito, seria empurrar para algures à frente, a resolução de entrupias de sempre do clube !

    Fica a sugestão

    Abraço amigo

    Paulo Dias
  • Sem imagem de perfil

    Anónimo 16.03.2020

    De Paulo Dias

    Caro Pedro, sabendo como sei, que vozes de burro não chegam ao Céu, o problema das escolhas erradas dos sócios do S.C.P., reside sobretudo, no desconhecimento, por falta de informação, dos sócios das questões essenciais, à boa gestão do clube, e da descentralização das responsabilidades dos mesmos, na vida do Clube. Tendo como consequência o afastamento e alheamento dos sócios !

    Não será, por acção desta direcção, que desqualifica e menoriza, sempre que pode, ,os sócios, que são os verdadeiros donos do clube, substituindo-se a estes, que eles dizem serem "acéfalos", que as reformas de fundo no clube vão ser feitas !

    A questão primordial é que, a sede do clube e os sócios de Lisboa deixem que a reformas aconteçam, e queiram assumir a dimensão nacional do clube !

    Vivo na Suiça, sou cidadão suíço, e estou habituados a votar, não apenas, de quatro anos em quatro anos, mas sempre que o parlamento federal, ou cantonal, decide dar voz aos cidadãos, em questões de investimento ou de despesa publica ou até de direitos e deveres da comunidade, sempre facultando informação concisa sobre as matérias em questão, atempadamente, e confiando no discernimento da comunidade.

    Por isso esta minha "deformação" cívica e critica, em relação ao Clube!

    Se de facto não houver reformas profundas no clube e na sua (dele clube) forma de ser gerido, então também me afastarei, dando a causa como perdida !

    Saudações Leoninas !

    Paulo Dias
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Mais sobre mim

    Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Mensagens

    Arquivo

    1. 2022
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2021
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2020
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2019
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2018
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D

    Castigo Máximo

    De forma colocada, de paradinha, ou até mesmo à Panenka ou Cruijff, marcaremos aqui a actualidade leonina. Analiticamente ou com recurso ao humor, dentro ou fora da caixa, seremos SPORTING sempre.

    Siga-nos no Facebook

    Castigo Máximo

    Comentários recentes

    • Anónimo

      E o grande Salif Keïta com imenso sucesso nos dois...

    • JG

      Yazalde cuja venda terá rendido uns "estratosferic...

    • Pedro Azevedo

      Assim de repente, recordo ainda o Paulo Futre, que...

    • vitorhugolcvieira

      Vieram-me à memória mais 2 jogadores que jogaram p...

    • Pedro Azevedo

      Essencialmente, Fernando Santos é um treinador ama...