Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Castigo Máximo

De forma colocada, de paradinha, ou até mesmo à Panenka ou Cruijff, marcaremos aqui a actualidade leonina. Analiticamente ou com recurso ao humor, dentro ou fora da caixa, seremos SPORTING sempre.

De forma colocada, de paradinha, ou até mesmo à Panenka ou Cruijff, marcaremos aqui a actualidade leonina. Analiticamente ou com recurso ao humor, dentro ou fora da caixa, seremos SPORTING sempre.

Castigo Máximo

01
Jul20

... E o Sporting é o nosso grande amor


Pedro Azevedo

O Sporting perfaz hoje 114 anos de existência. Cento e catorze anos é muito tempo, tanto que só 8 pessoas actualmente entre nós, por sinal senhoras, já eram nascidas quando o Sporting foi fundado. São elas as nipónicas Kane Tanaka, Shigeyo Nakachi e Mina Kitagawa, as gaulesas Lucile Randon e Jeanne Bot, as americanas Hester Ford e Iris Westman e a polaca Tekla Juniewicz.

 

Também não há muitos países cuja criação/independência sejam anteriores ao Sporting. Por exemplo, em África, só o Egipto, a Etiópia, a Libéria e Marrocos têm mais anos que o nosso clube. Na Oceania, apenas a Austrália precede o Sporting e por apenas 5 anos.

 

Perante estes contextos é fácil perceber o quão importante é preservar algo com tanta riqueza histórica e tão precioso e invulgar como o Sporting Clube de Portugal.

 

O Sporting está muito bem acompanhado no que respeita ao dia da fundação, pois a 1 de Julho nasceram também a diva Amália Rodrigues (1920) e o Capitão de Abril Salgueiro Maia (1944). Lá fora, o multi-campeão olímpico Carl Lewis (1961). E faz sentido, independentemente dos seus amores clubísticos! É que, se por um lado somos a voz de revolta de um certo (en)fado português, por outro a nossa visão do desporto sempre procurou promover a liberdade de decisão de todos os clubes e apelar à nobreza de carácter dos seus dirigentes. E temos para apresentar a grandiosidade de um ecletismo que também marca a nossa riquíssima história.  

 

Em 1906, o índice Dow Jones superou pela primeira vez os 100 pontos (25 812 actualmente), as regras do futebol passaram a contemplar o passe para a frente, Ascetic's Silver venceu o mítico Grand National com uma probabilidade de 20/1, o rei D. Carlos I nomeou João Franco como primeiro-ministro, os irmãos Wright conseguiram patentear a sua "máquina voadora", Santos-Dumont voou pela primeira vez, César e Cleópatra (George Bernard Shaw) estreou em NY, a China proibiu o comércio de ópio, o 1º cinema (Omnia Pathe) no mundo abriu em Paris, Reginald Fessenden tornou-se o primeiro radialista a transmitir música e o Irão passou a ser uma monarquia constitucional.  

 

E foi neste contexto muito marcado pelo pioneirismo um pouco por todo o mundo que José Alvalade fundou o Sporting Clube de Portugal em 1 de Julho de 1906, dando-lhe logo o objectivo de ser tão grande como os maiores clubes da Europa. 

 

Muitos parabéns Sporting! Obrigado pela companhia de todos os dias, por toda a glória e pelo privilégio de me poder associar a algo tão grandioso. Por isso, a dívida que tenho para contigo será algo que jamais poderei pagar em vida. Na alegria ou na tristeza, ser do Sporting sempre foi, é e será especial para mim. Muito mais do que um clube, ser do Sporting é idealmente uma forma única de estar na vida e por consequência também no desporto. No respeito pelos nossos concorrentes, na inovação e contributo para um desporto melhor, no saber ganhar e perder (dando sempre tudo para vencer), os alicerces do Sportinguismo. Mas, para nos abrigarmos dos dias tempestuosos, sempre precisámos de um tecto. E o que nos dá cobertura é a esperança inquebrantável que tanto intriga os nossos adversários e a resiliência indelével que nos une. Havemos de voltar a ser muito felizes juntos! Um bom dia para todos os Sportinguistas espalhados pelos 5 continentes. (E venham mais 114, a caminho da eternidade.)

simbolosporting.png

2 comentários

  • Imagem de perfil

    Pedro Azevedo 01.07.2020

    Parabéns também a si, caro António.

    Saudações Leoninas
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Mais sobre mim

    Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Mensagens

    Arquivo

    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2020
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2019
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2018
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D

    Castigo Máximo

    De forma colocada, de paradinha, ou até mesmo à Panenka ou Cruijff, marcaremos aqui a actualidade leonina. Analiticamente ou com recurso ao humor, dentro ou fora da caixa, seremos SPORTING sempre.

    Siga-nos no Facebook

    Castigo Máximo

    Comentários recentes

    • Anónimo

      Aconteça o que acontecer, o abanão está aqui. Pode...

    • Pedro Azevedo

      Caro Carlos Santos, o que me parece, sinceramente,...

    • JG

      Não sei se irá para a frente este projecto. A reac...

    • Anónimo

      Boa noite Pedro:É a lei das vantagens adquiridas, ...

    • David Craveiro

      Pedro,Completamente de acordo com o seu post e acr...