Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Castigo Máximo

De forma colocada, de paradinha, ou até mesmo à Panenka ou Cruijff, marcaremos aqui a actualidade leonina. Analiticamente ou com recurso ao humor, dentro ou fora da caixa, seremos SPORTING sempre.

De forma colocada, de paradinha, ou até mesmo à Panenka ou Cruijff, marcaremos aqui a actualidade leonina. Analiticamente ou com recurso ao humor, dentro ou fora da caixa, seremos SPORTING sempre.

Castigo Máximo

20
Out20

Estatísticas da Liga 2020/21 (Jornada 4)


Pedro Azevedo

  1. Melhor rácio de CA por falta cometida: Rio Ave - 6,4% (18º Sporting - 24%)
  2. Pior Rácio de CA por falta cometida: Sporting - 24% 
  3. Menos Faltas com. por jogo: Rio Ave - 11,8 Faltas (12º Sporting - 16,7 Faltas)
  4. Mais Faltas com. por jogo: Boavista - 20,3 Faltas
  5. Menos CA por jogo: Rio Ave - 0,8 (18º Sporting - 4)
  6. Mais CA por jogo: Sporting - 4
  7. Menos Golos Sofridos: Vitória SC e Gil Vicente  (-1 j) - 1 golo (3º Sporting - 2 golos)
  8. Mais Golos Sofridos: Tondela - 11 golos
  9. Mais Golos Marcados: Benfica - 13 golos [5º Sporting (-1j) - 6 golos]
  10. Menos Golos marcados: Rio Ave, B SAD, Vitória SC e Gil Vicente (-1j) - 2 golos
  11. Menos Posse de bola: Marítimo - 38,5%
  12. Mais Posse de bola: Benfica - 58% (8º Sporting - 51%)

discuplina4.png

3 comentários

  • Imagem de perfil

    Pedro Azevedo 21.10.2020

    Prezada Maria Inês,

    a publicação destas estatísticas visa exactamente observar a equidade (ou não) existente na competição. Com base nestes indicadores que tenho vindo a compilar a partir do registo semanal de cada jogo que retiro da plataforma FlashScore (isto ainda dá algum trabalho de recolha e tratamento dos dados) é possível retirar algumas ilações. A mais flagrante é a disparidade existente em termos relativos (entre Sporting e os restantes clubes) de cartões amarelos por falta cometida. Repare a Maria Inês que com 50 faltas cometidas os nossos jogadores já viram o amarelo por 12 ocasiões. Curiosamente, os jogadores do Porto, com mais 50% de faltas cometidas, só têm 7 amarelos. Com os meios de difusão e a amplificação que gera, seria bom que a nossa Comunicação (e Estrutura, em primeiro lugar) estivesse atenta a esta presumível arbitrariedade. Estou certo de que seria tempo mais bem empregue em prol do clube do que aquele que por vezes vejo investido na produção de lendas e narrativas sob a forma de opinião que, coincidentemente ou não (leio umas coisas sobre isso e vejo comportamentos que estranho, mas não posso provar a relação), acabam por gerar a jusante reacções nas redes sociais que visam tentar descredibilizar e denegrir sócios com muitos anos de Sporting que ousam pensar pela sua própria cabeça e quando criticam têm o cuidado de apontar um caminho. Como o da aposta na Formação, por exemplo, da aposta cirúrgica em qualidade em detrimento de quantidade, ou da doutrina e magistério de influência que deveria existir no sentido de termos paz social no clube e da não criação de artificiais sub-classes de Sportinguistas com o objectivo exclusivo de protecção do status-quo. Já basta o problema existente com as claques e o decorrente do final do mandato anterior, não precisamos de inventar mais formas de divisão dos Sportinguistas. No meu caso pessoal só quero é que ganhemos sempre. Nunca trairei o sentimento do dia em que pela primeira vez pisei o velhinho José Alvalade.

    Quanto à nossa equipa, vejo coisas muito positivas. Para além do Nuno Mendes, vejo o Matheus mais solto de obrigações com os equilíbrios defensivos e a crescer de acordo com o que perspectivei ao vê-lo no Estoril e nos sub-23. E há miúdos como o Gonçalo Inácio e o Quaresma à porta da titularidade, o Tiago Tomás que tem acrescentado quando joga, o Pote que já é uma certeza, o Jovane que se tem sacrificado pela equipa numa posição que não é a sua, o Nuno Santos que tem marcado golos importantes e nesse item me tem surpreendido. Tenho algumas dúvidas sobre a nossa defesa e lamento que a substituição de Mathieu não tenha sido feita por um jogador do mesmo nível, mas estou esperançado de que com este espírito de equipa e a inclusão de Palhinha esse problema fique mais escondido. Quanto aos adeptos era importante haver aqui um equilíbrio: por um lado, demasiadas expectativas podem mais tarde reverter em frustrações que injustamente impenderão sobre a nossa juventude, o que é de evitar; por outro, num clube como o Sporting, mantendo-se os gastos acima dos 100 milhões de euros anuais, não pode haver anos zero. Isso seria apenas admissível num cenário de redução de 30-40% dos custos a bem da nossa perenidade. É certo que promovemos muitos miúdos - e isso é bom - , mas não é menos certo que muitos jogadores por colocar provenientes do mandato anterior e do ano passado (15 contratações) e a opção por jogadores consagrados em final de carreira nos continua a sobrecarregar a folha de pagamentos, o que não é nada bom conselheiro dado que as receitas ordinárias não crescem com ou sem covid e os proveitos decorrentes das competições europeias serão zero. Mas tenhamos fé na equipa e em Ruben Amorim, que merecem o nosso apoio. Porque o Sporting que para mim sempre fez sentido é aquele que vai a campo (relvado, pistas ou pavilhões). O outro, para dizer a verdade, ao longo dos anos fui acompanhando de longe e agora que tenho visto mais de perto sinceramente não me deixará saudades.

    Saudações Leoninas
  • Perfil Facebook

    Maria Inês 21.10.2020

    Caro Pedro
    Como sempre tao acertivo e realista.
    É pena que a maioria dos sócios e simpatizantes nao esteja virada para este tipo de conversas e argumentos. A berraria e o insulto gratuíto sao sempre mais fáceis e infelizmente muitas vezes mais produtivos.
    O importante é continuar a acreditar e a apoiar o nosso Sporting nao perdendo a clarividencia de criticar o que está mal e pode ser melhorado no imediato. Quanto mais fortes estivermos melhor será na hora da mudança, tarde esta muito ou pouco.
    Saudaçoes Leoninas
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Mais sobre mim

    Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Mensagens

    Arquivo

    1. 2022
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2021
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2020
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2019
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2018
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D

    Castigo Máximo

    De forma colocada, de paradinha, ou até mesmo à Panenka ou Cruijff, marcaremos aqui a actualidade leonina. Analiticamente ou com recurso ao humor, dentro ou fora da caixa, seremos SPORTING sempre.

    Siga-nos no Facebook

    Castigo Máximo

    Comentários recentes

    • Anónimo

      Caro Pedro,Talvez por mero acaso estou-me a lembra...

    • Pedro Azevedo

      Fantasma na ópera e eSCALAr para a Europa. Faz sen...

    • Pedro Azevedo

      Entretanto, o Famalicão deu-nos uma mãozinha…

    • João Gil

      O Sporting não vai chegar tarde à Europa. O Benfic...

    • JG

      Caro Pedro sem dúvida esses troféus são importante...