Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Castigo Máximo

De forma colocada, de paradinha, ou até mesmo à Panenka ou Cruijff, marcaremos aqui a actualidade leonina. Analiticamente ou com recurso ao humor, dentro ou fora da caixa, seremos SPORTING sempre.

De forma colocada, de paradinha, ou até mesmo à Panenka ou Cruijff, marcaremos aqui a actualidade leonina. Analiticamente ou com recurso ao humor, dentro ou fora da caixa, seremos SPORTING sempre.

Castigo Máximo

18
Dez20

(Ex)citações


Pedro Azevedo

Inauguro hoje uma nova rúbrica dedicada a citações de craques da bola. Umas eventualmente irão surpreender-vos pela profundidade e deixar-vos-ão a pensar, outras far-vos-ão rir pela espirituosidade ou inocência, outras ainda talvez vos venham a despertar uma lágrima, todas contribuindo para combater o estereotipo do jogador de futebol e procurando humanizar um jogo que ainda não é disputado por máquinas mas sim por seres pensantes na sua diversidade, com as fragilidades e virtudes de cada um de nós. Adicionalmente, será também uma oportunidade de evocar alguns jogadores porventura não tão divulgados entre nós e de relembrar outros. Espero que gostem. 

 

"Não há golo feio, feio é não fazer golo."

"Só há 3 coisas que param no ar: beija-flor, helicóptero e Dadá."

"Só existem 3 poderes no Universo: Deus no Céu, o Papa no Vaticano e Dadá na grande-área."

"Não me venham com a problemática que eu tenho a solucionática."

"Preocupei-me tanto em fazer golos que não tive tempo para aprender a jogar futebol." - Dadá Maravilha(*)

 

(*) Dario José dos Santos (Dadá Maravilha): Ponta de lança internacional brasileiro presente no Mundial de 70, um dos únicos 5 jogadores do Brasil que ultrapassou os mil golos marcados em toda a carreira (jogos particulares incluídos). Os outros são Arthur Friedenreich, Pelé, Romário e Túlio.   

dadá maravilha.jpg

2 comentários

  • Imagem de perfil

    Pedro Azevedo 19.12.2020

    Creio que algumas também revelam inteligência, especialmente se pensarmos que esta última é também a arte de simplificar os conceitos.

    Dadá não foi um jogador qualquer e certamente como goleador é incontornável. Tendo uma predisposição para tiradas espirituosas, há muitos anos que trabalha como comentador em programas desportivos.

    Clubes? Anote aí: no Rio jogou no Flamengo, em Minas no Atlético Mineiro (várias passagens), no Rio Grande do Sul no Internacional de Porto Alegre, em Pernambuco no Sport Recife, Santa Cruz e Náutico. Entre outros de menor nomeada (estados e clubes).

    SL

    SL
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Mais sobre mim

    Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Mensagens

    Arquivo

    1. 2022
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2021
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2020
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2019
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2018
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D

    Castigo Máximo

    De forma colocada, de paradinha, ou até mesmo à Panenka ou Cruijff, marcaremos aqui a actualidade leonina. Analiticamente ou com recurso ao humor, dentro ou fora da caixa, seremos SPORTING sempre.

    Siga-nos no Facebook

    Castigo Máximo

    Comentários recentes

    • Pedro Azevedo

      É verdade, no seu momento mais imponente o Ronaldo...

    • LMGM

      Parece-me que o único problema do Cristiano é o en...

    • Pedro Azevedo

      O golo do Rafael Leão foi uma folha seca, ainda nã...

    • Pedro Azevedo

      … E ao Rafael Leão, que não jogando bem segundo a ...

    • jpt

      nem mais. (faltará, ainda assim, uma referência ao...