Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Castigo Máximo

De forma colocada, de paradinha, ou até mesmo à Panenka ou Cruijff, marcaremos aqui a actualidade leonina. Analiticamente ou com recurso ao humor, dentro ou fora da caixa, seremos SPORTING sempre.

De forma colocada, de paradinha, ou até mesmo à Panenka ou Cruijff, marcaremos aqui a actualidade leonina. Analiticamente ou com recurso ao humor, dentro ou fora da caixa, seremos SPORTING sempre.

Castigo Máximo

3 comentários

  • Imagem de perfil

    Pedro Azevedo 20.11.2019

    Infelizmente é algo que já vem de trás. Os últimos anos de Bruno de Carvalho, os poucos meses de José de Sousa Cintra e este mandato de Frederico Varandas foram marcados pela falta de aposta na Formação. Dir-se-ia que é algo que é supra-presidentes e como tal mereceria ser percebido. Creio que se trata de um problema de mentalidade. Os nossos nunca são suficientemente bons (filhos de um deus menor) até que o provam logo de seguida em Granada, na Turquia, em Itália ou em Birmingham. Já as contratações são algo que aguça o apetite do adepto, cria ilusão e como tal vai muito bem com uma cebolada. E assim lá continuamos alegremente cantando e rindo, gastando sempre mais do que deveríamos e pior do que quereríamos. Com uma mina de diamantes em casa sempre a produzir belos exemplares para outras deles se servirem. Evidentemente. (E a cada nova ronda de contratações "cirúrgicas" haverá sempre alguém disposto a bater umas palminhas, pelo menos até ao momento em que o clube bata definitivamente no fundo.)
  • Sem imagem de perfil

    Anónimo 21.11.2019

    "Os últimos anos de Bruno de Carvalho, os poucos meses de José de Sousa Cintra e este mandato de Frederico Varandas foram marcados pela falta de aposta na Formação."
    Não gostaria de ser rotulado de Brunista, mas a verdade é que mal ou bem e apesar dos seus treinadores não quererem essa Formação, BdC (e bem) nunca "despachou" os que aparentavam ter mais potencial. Muitos empréstimos sim, mas sempre protegidos com opções de compra caras, com opções de regresso, etc. Foram essa más "negociações" dos dois últimos presidentes que terminaram nestas borlas todas.
    Cumps
    Pedro
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Mais sobre mim

    Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Mensagens

    Arquivo

    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2020
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2019
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2018
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D

    Castigo Máximo

    De forma colocada, de paradinha, ou até mesmo à Panenka ou Cruijff, marcaremos aqui a actualidade leonina. Analiticamente ou com recurso ao humor, dentro ou fora da caixa, seremos SPORTING sempre.

    Siga-nos no Facebook

    Castigo Máximo

    Comentários recentes

    • Pedro Azevedo

      Um ano extraordinário. À Sporting. A repetir, clar...

    • José da Xã

      Amigo Pedro,este foi um ano irrepreensível. A repe...

    • Pedro Azevedo

      Boa noite, caro S. Almeida e obrigado. Eu ainda te...

    • S. Almeida

      Caro Pedro AzevedoUm bom regresso às lides, com as...

    • Pedro Azevedo

      Como dizia o Nelson Rodrigues a propósito do Brasi...