Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Castigo Máximo

De forma colocada, de paradinha, ou até mesmo à Panenka ou Cruijff, marcaremos aqui a actualidade leonina. Analiticamente ou com recurso ao humor, dentro ou fora da caixa, seremos SPORTING sempre.

De forma colocada, de paradinha, ou até mesmo à Panenka ou Cruijff, marcaremos aqui a actualidade leonina. Analiticamente ou com recurso ao humor, dentro ou fora da caixa, seremos SPORTING sempre.

Castigo Máximo

29
Mar21

Ingratidão 3D


Pedro Azevedo

Leio em A Bola 3D, um canal de conteúdos digitais exclusivos para assinantes, o seguinte título sobre Garrincha: "Queria o Sporting quando já só era acompanhante de sambista (e bêbado)". Escrevo sobre isto porque tenho pena que se trate assim um dos maiores do jogo de todos os tempos. Quem gosta de futebol deve proteger aqueles que mais contribuíram para a afirmação do jogo. E haveria certamente formas mais simpáticas (e não desrespeitosas) de assinalar o declínio do Anjo das Pernas Tortas ("o seu melhor já tinha passado" teria sido suficiente), ainda que o contexto se reportasse ao período posterior ao da sua glória. Acresce que "acompanhante de sambista" aqui foi usado como pejorativo e preconceituoso (se fosse acompanhante de uma manequim da Victoria Secret serviria para este título?), demonstrando profundo desconhecimento dos factos, o que muito desvaloriza o papel que Elza Soares, deusa do culturalmente relevante samba (importante não esquecer), teve na vida de Garrincha, ela que foi provavelmente a única pessoa que verdadeiramente o amou e compreendeu, e que durante o tempo que esteve com ele conseguiu atenuar o efeito da progressiva dependência do jogador com o alcool. Mané Garrincha foi um dos melhores jogadores de todos os tempos. Aos grandes de todos os tempos devemos não só muita da nossa paixão pelo jogo como respeito. Da mesma forma que o que ficou de Baudelaire, Rimbaud ou Oscar Wilde foi a sua obra, a exploração vulgar da decadência de Garrincha passa ao lado do essencial: os milhões de pessoas a quem num qualquer dia de Domingo arrancou um sorriso com as suas intrépidas fintas. E isso é o que perdurará no tempo. Lembram-se do Brasil de 62? Viva Garrincha, viva o futebol! 

garrincha3d.jpg

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D

Castigo Máximo

De forma colocada, de paradinha, ou até mesmo à Panenka ou Cruijff, marcaremos aqui a actualidade leonina. Analiticamente ou com recurso ao humor, dentro ou fora da caixa, seremos SPORTING sempre.

Siga-nos no Facebook

Castigo Máximo

Comentários recentes

  • Lagartoviso

    Créditos para o Afonso Domingues Amorim, ehehehLuí...

  • Pedro Azevedo

    Caro FV, antes de mais o meu obrigado pelas suas a...

  • Anónimo

    Boa tarde Pedro,Finalmente CAMPEÕES!Muito merecido...

  • Pedro Azevedo

    Caro Luís, também deduzo que o Porro não volte a j...

  • Pedro Azevedo

    Finalmente! O Sporting é campeão 19 anos depois e ...