Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Castigo Máximo

De forma colocada, de paradinha, ou até mesmo à Panenka ou Cruijff, marcaremos aqui a actualidade leonina. Analiticamente ou com recurso ao humor, dentro ou fora da caixa, seremos SPORTING sempre.

De forma colocada, de paradinha, ou até mesmo à Panenka ou Cruijff, marcaremos aqui a actualidade leonina. Analiticamente ou com recurso ao humor, dentro ou fora da caixa, seremos SPORTING sempre.

Castigo Máximo

14
Fev21

Jogo a jogo


Pedro Azevedo

Ok, o Porto não conseguiu o xeque-mate no xadrez boavisteiro e teve de se contentar com o empate quando a meio da partida a derrota chegou até a parecer inevitável, mas o Sporting deve-se preocupar somente consigo próprio! Tal decorre da vantagem adquirida até aqui, que nos deu o privilégio de não dependermos de terceiros. No entanto, sabemos que só 87 pontos nos garantirão automaticamente o ceptro mais desejado. Serão por isso, à cautela, necessárias mais 13 vitórias nos 16 jogos que ainda falta disputarmos, o que demonstra que ainda haverá que ultrapassar muitos obstáculos e o quão prematuro é o assumir de facilidades neste momento. Não esquecendo nunca que, se é verdade que cada nova vitória nossa vai minando o moral dos adversários, qualquer futuro deslize poderá ser interpretado como um sinal de fraqueza e ajudar a reanimar os rivais. Adiemos, por isso, o mais possível quaisquer eventuais revézes, concentrando-nos em vencer sempre o próximo jogo, a próxima final. E essa será segunda-feira, contra o Paços. E assim sucessivamente, jogo a jogo. No final far-se-ão as contas.  

4 comentários

  • Imagem de perfil

    Pedro Azevedo 14.02.2021

    Caro JG, há duas coisas que manda o bom senso concorrerem para apenas pensarmos no próximo jogo. A primeira tem a ver com o campeonato que o Benfica fez a época passada. A primeira volta deles ainda foi melhor que esta nossa, fizeram 48 pontos. Depois, perderam-se, apenas 29 pintos na segunda volta. Ter-lhes-ia bastado fazerem uma segunda volta igual à sua primeira volta desta época (modestos 34 pontos) para serem campeões... A outra razão tem a ver connosco e as expectativas que se criam. Na época passada criou-se uma euforia de final de época quando a 3 jornadas do fim garantimos um avanço de 7 pontos sobre o Braga e o terceiro lugar quase no papo. E o que aconteceu a seguir? Uma incrível combinação de resultados que envolveram duas derrotas nossas contra Porto e Benfica e a vitória do Braga sobre o Porto, para além do empate caseiro nosso com o Setúbal , levaram-nos de volta ao quarto lugar, por entre nova frustração da nosss masss adepto. Cumpre como tal irmos com calma, e o Ruben faz muito bem em temperar as expectativas.

    PS: o Dala cresceu imenso com o Miguel Cardoso. Nos últimos 3 jogos marcou 1 golo e assistiu três vezes para golo (Camacho, em duas ocasiões, e Mané). O Rio Ave fez 7 pontos em 9 possíveis e só não realizou o pleno porque um penálti cometido sobre o Dala, no último minuto do jogo com o Nacional, não foi convertido por Pelé. Portanto, o Dala esteve quase em todas. Diria até fez jogar os outros seus velhos conhecidos companheiros do Sporting, não esquecendo obviamente o papel de Miguel Cardoso que soube dar-lhe confiança e perceber o que dele poderia extrair em benefício da equipas

    SL
  • Sem imagem de perfil

    JG 14.02.2021

    Mas não é só o Dala que está a sobressair. Miguel Cardoso é um adepto confesso das qualidades de Geraldes e basta analisar os jogos contra o Nacional e o Tondela para perceber o ascendente que o nosso ex-jogador está a adquirir no jogo atacante da equipa. Mané está a recuperar a velocidade e a capacidade para finalizar que o notabilizaram antes das lesões. Contra o Tondela há um golo extraordinário de Mané, depois de um passe do meio-do-campo de Geraldes, com olhinhos. Bom futebol made in Alcochete.
  • Imagem de perfil

    Pedro Azevedo 14.02.2021

    E ainda está lá o Coentrão, que não sendo da nossa Formação passou pelo Sporting. Começou agora a jogar mais com o Miguel Cardoso.

    SL
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Mais sobre mim

    Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Mensagens

    Arquivo

    1. 2022
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2021
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2020
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2019
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2018
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D

    Castigo Máximo

    De forma colocada, de paradinha, ou até mesmo à Panenka ou Cruijff, marcaremos aqui a actualidade leonina. Analiticamente ou com recurso ao humor, dentro ou fora da caixa, seremos SPORTING sempre.

    Siga-nos no Facebook

    Castigo Máximo

    Comentários recentes

    • Pedro Azevedo

      Essencialmente, Fernando Santos é um treinador ama...

    • JG

      No que à AT diz respeito o Selecionador pode estar...

    • Pedro Azevedo

      Sim, Jose, a prevenção de conflito de interesses é...

    • Pedro Azevedo

      Caro JG, palavra de honra que não me lembro de uma...

    • JG

      Caro Pedro Azevedo á uma sensação geral de desapon...