Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Castigo Máximo

De forma colocada, de paradinha, ou até mesmo à Panenka ou Cruijff, marcaremos aqui a actualidade leonina. Analiticamente ou com recurso ao humor, dentro ou fora da caixa, seremos SPORTING sempre.

De forma colocada, de paradinha, ou até mesmo à Panenka ou Cruijff, marcaremos aqui a actualidade leonina. Analiticamente ou com recurso ao humor, dentro ou fora da caixa, seremos SPORTING sempre.

Castigo Máximo

4 comentários

  • Imagem de perfil

    Pedro Azevedo 24.06.2019

    Isto da sustentabilidade tem o que se diga. De vez em quando entramos no caminho certo, mas depois, ou vamos comprar um Sinama Pongolle ou um Ângulo, ou percentagens de jogadores via fundos, ou contratamos o JJ e lá vamos nós, qual José Lito, ou será Joaelito, para o pico da morte, alegoria de uma Feira Popular em que se tornou , de há muitos anos a esta parte, o futebol do Sporting. Basta ver os carrinhos de choque, a barraca dos tirinhas no mercado, os pênaltis de Rosier, o elástico acima e abaixo da nossa tesouraria, os espelhos que aumentam e a casinha das ‘farturas’ tão ilusórias.
  • Sem imagem de perfil

    Metralha 24.06.2019


    Não há outra forma de dizer as coisas. Para estas e outras tomadas de decisão em que vemos jogadores com nível para se darem oportunidades e depois andamos às trocas por jogadores caros mensalmente e incógnitas que não conhecem a realidade da nossa liga.

    Alguém tem de ganhar dinheiro. Sei que o Sporting perde.
  • Imagem de perfil

    Pedro Azevedo 24.06.2019

    De uma maneira geral, Portugal ainda é um país onde se pensa que o que vem de fora é que é bom. A revolução foi há 45 anos mas ainda se notam consequências do isolamento a que o país esteve sujeito.,É sempre mais difícil para os portugueses apostarem na prata da casa..Seja português ou estrangeiro, o do vizinho é sempre melhor. Pode ser isso, deve ser isso e apenas isso. E há que mudar de vida. Há um sentimento na nossa Formação de que é difícil ter uma oportunidade na equipa principal. Isso reflecte-se nos miúdos, mas também nos país. E afecta futuros recrutamentos. Deveríamos começar por aí, em criar condições para que não haja um afunilamento que faça com que os melhores desmoralizem e percam qualidades. Ainda agora vamos voltar a emprestar o Geraldes. Se não o achamos bom, por que razão continuamos a emprestá-lo? É difícil perceber isto.
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Mais sobre mim

    Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Mensagens

    Arquivo

    1. 2022
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2021
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2020
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2019
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2018
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D

    Castigo Máximo

    De forma colocada, de paradinha, ou até mesmo à Panenka ou Cruijff, marcaremos aqui a actualidade leonina. Analiticamente ou com recurso ao humor, dentro ou fora da caixa, seremos SPORTING sempre.

    Siga-nos no Facebook

    Castigo Máximo

    Comentários recentes

    • Anónimo

      Caro Pedro,Talvez por mero acaso estou-me a lembra...

    • Pedro Azevedo

      Fantasma na ópera e eSCALAr para a Europa. Faz sen...

    • Pedro Azevedo

      Entretanto, o Famalicão deu-nos uma mãozinha…

    • João Gil

      O Sporting não vai chegar tarde à Europa. O Benfic...

    • JG

      Caro Pedro sem dúvida esses troféus são importante...