Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Castigo Máximo

De forma colocada, de paradinha, ou até mesmo à Panenka ou Cruijff, marcaremos aqui a actualidade leonina. Analiticamente ou com recurso ao humor, dentro ou fora da caixa, seremos SPORTING sempre.

De forma colocada, de paradinha, ou até mesmo à Panenka ou Cruijff, marcaremos aqui a actualidade leonina. Analiticamente ou com recurso ao humor, dentro ou fora da caixa, seremos SPORTING sempre.

Castigo Máximo

01
Fev21

Match point


Pedro Azevedo

Logo à noite, Sporting e Benfica enfrentam-se no José Alvalade. É o dérbi dos dérbis, o clássico dos clássicos, o jogo sempre mais ansiado pela maioria dos adeptos portugueses. Um confronto com muita história, de supremacia alternada ao longo do tempo. O dérbi dos 64(!) golos de Peyroteo e dos 27 de Eusébio, dos Cinco Violinos e do Benfica campeão europeu, dos imortais duelos entre Damas e o Pantera ou entre Bento e Rui "Gazela" Jordão.  Por vezes decisivo para a atribuição do título de campeão nacional, como naquela tarde de 25 de Abril de 1948 em que o Sporting venceu por 4-1 na Estância de Madeira (antigo campo do Benfica) com um póquer de golos cortesia de Fernando Peyroteo, mítico avançado centro leonino que nesse dia viria a garantir para os leões o celebérrimo Campeonato do Pirolito, título conquistado por apenas um golo de diferença. Abril, mês aziago para o Benfica neste particular, pois a 13 do ano de 1986 viria a perder já no Estádio da Luz um novo confronto decisivo com os leões (2-1). Morato e Manuel Fernandes marcaram nesse dia, mas dessa vez a vitória leonina infelizmente só aproveitou a terceiros (FC Porto). 

 

O jogo de hoje adquire contornos especiais por ocorrer em época de retoma do Sporting e de queda do Benfica, cenário difícil de perspectivar aquando do início da competição dado o milionário investimento efectuado pelos encarnados. Aqui chegados, o jogo é nada mais do que decisivo para as águias, sendo obviamente muito importante para os leões. Ainda assim, a pressão estará repartida, que dérbi é dérbi e todos o querem ganhar. Simplesmente, uma derrota do Benfica deixá-lo-á arredado do título, pelo menos a fazer fé nos números que nos dizem que num campeonato a 18 e com 3 pontos por vitória nunca uma equipa conseguiu recuperar 9  pontos de desvantagem e sagrar-se campeã, possibilidade que deverá funcionar como uma motivação extra para os jogadores do Sporting. Assim sendo, o jogo adquire contornos mais vistos num court de ténis: uma vitória leonina significará a eliminação do adversário por via da concretização do "match point" que tem disponível no seu "serviço", o empate anulará esse "match point" e a vitória do Benfica será como um "break point" para o resto da temporada que há que jogar. Deste modo, aconteça o que acontecer, uma pitada adicional de sal se reunirá aos ingredientes do costume com o intuito de combater o insosso cenário de bancadas despidas de adeptos por via da pandemia.

 

Com toda a história que os enquadra somada às idiossincrasias relativas ao momento presente de cada um, Sporting e Benfica entrarão no relvado para adicionar mais um capítulo à gloriosa gesta dos dérbis. O jogo tem início às 21h30. Faites vos jeux!

derby.jpg

2 comentários

  • Imagem de perfil

    Pedro Azevedo 02.02.2021

    Eu não diria melhor, caro Luís.
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Mais sobre mim

    Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Mensagens

    Arquivo

    1. 2022
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2021
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2020
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2019
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2018
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D

    Castigo Máximo

    De forma colocada, de paradinha, ou até mesmo à Panenka ou Cruijff, marcaremos aqui a actualidade leonina. Analiticamente ou com recurso ao humor, dentro ou fora da caixa, seremos SPORTING sempre.

    Siga-nos no Facebook

    Castigo Máximo

    Comentários recentes

    • JG

      Yazalde cuja venda terá rendido uns "estratosferic...

    • Pedro Azevedo

      Assim de repente, recordo ainda o Paulo Futre, que...

    • vitorhugolcvieira

      Vieram-me à memória mais 2 jogadores que jogaram p...

    • Pedro Azevedo

      Essencialmente, Fernando Santos é um treinador ama...

    • JG

      No que à AT diz respeito o Selecionador pode estar...