Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Castigo Máximo

De forma colocada, de paradinha, ou até mesmo à Panenka ou Cruijff, marcaremos aqui a actualidade leonina. Analiticamente ou com recurso ao humor, dentro ou fora da caixa, seremos SPORTING sempre.

De forma colocada, de paradinha, ou até mesmo à Panenka ou Cruijff, marcaremos aqui a actualidade leonina. Analiticamente ou com recurso ao humor, dentro ou fora da caixa, seremos SPORTING sempre.

Castigo Máximo

14
Jul19

Não ter valor, mas ter preço


Pedro Azevedo

Afinal a nossa Formação (acima dos 17 anos) não deve ser muito má. Demiral (3,5 M€), Tiago Djaló (0,5 M€), Félix Correia (7 M€) e Domingos Duarte (3 M€) renderam cerca de 14 M€ ao clube. Em comum têm o facto de nunca terem realizado um jogo oficial pela primeira equipa, com excepção do turco a quem foi concedida a "barbaridade" de 1 minuto de utilização num jogo a contar para a Taça de Portugal. Juntam-se assim aos habitués William (16 M€ por 75% do passe), Rui Patrício (12 M€) e Gelson (22.5 M€), e a João Mário que saiu por 40 M€. Já em relação a Jefferson (128) jogos pelo Sporting), André Pinto (41), Petrovic (39), Alan Ruiz (34), Bruno Gaspar (30), Misic (9) e Viviano (0), tudo jogadores pescados no mercado, aguardo ansiosamente pelo valor apurado das suas vendas, dado que o seu rendimento desportivo é de todos conhecido. O mesmo, um dia, em relação ao contingente comprado desde Janeiro (34 M€ investidos + Comissões de transferências do Mercado de Verão + ordenados) que demonstra que a nossa política desportiva não mudou assim tanto face a épocas anteriores, principalmente quando se insiste em comprar classe média. No fundo andamos a fazer Investigação Operacional: os miúdos da Formação vão para filas de espera; os contratados, para gestão de stocks ("n" alas, "n" médios defensivos). Afinal, nós somos mesmo bons é em matemáticas aplicadas. O que é pena é os nossos algoritmos e modelos de decisão não optimizarem o desempenho... 

domingos duarte.jpg

5 comentários

  • Sem imagem de perfil

    Daniel 15.07.2019

    Completamente de acordo com o teu texto, permite-me apenas um incremento ao teu último parágrafo, não foi apenas nos negócios que mencionaste que o Sporting transmitiu uma mensagem de desvalorização (não só da formação mas do próprio clube), foi também nos negócios que fechou com os casos do Rui Patrício e do Gelson, com tudo o que estava incluído neles.

    Anunciámos a plenos pulmões ao Mercado que estamos com dificuldades financeiras e os clubes vão jogar com isso, daí que ninguém passe dos 50 ou 55 milhões pelo B. Fernandes, o tempo e a vontade do jogador jogam a favor deles. Oxalá que não, mas temo que o Sporting acabe por ceder.
  • Imagem de perfil

    Pedro Azevedo 15.07.2019

    A questão de Patrício e de Gelson é mais complexa. Poderíamos ganhar os processos em tribunal, mas quando? Há questões de liquidez que importava resolver. Claro que tudo isto pode ser questionado quando se investem mais de 34 milhões de euros em compras de 12/13 jogadores (fora os gastos em salários e comissões das transferências de Verão) e nenhum deles parece ser daquele nível top de um Bruno, Mathieu ou Acuña. Oxalá, pelo menos, sejam melhores que um Alan Ruiz, um Misic ou um Gaspar... Mas eu não sefuiria uma política destas. Pelo contrário, contrataria 3/4 jogadores no máximo e, se não houvesse dinheiro suficiente, apenas 2 , um ponta de lança forte na área e com muita mobilidade e um ala que efectivamente fizesse a diferença. Quer parecer-me que, 3 alas comprados depois, não o temos. São todos piores do que Raphinha e criou-se uma hiper-inflacção de alas. Depois acabará por faltar o dinheiro e "ala que se faz tarde", toca a vender para pagar salários. A que preço?
  • Sem imagem de perfil

    Daniel 15.07.2019

    Pedro, nunca fui contra os acordos feitos, precisamente pela incerteza de uma decisão favorável nos tribunais, no entanto, sempre defendi que os valores acordados teriam de refletir o real valor dos jogadores e isso não aconteceu, com a agravante de:

    - no caso Patricio, termos ficado sem 4M de uma divida que ninguém soube esclarecer se existe ou não e a que se refere, bem como de 2M para entrada no mercado chinês que ninguém se prestou a esclarecer em que moldes funciona.

    - no caso Gelson, dos 22,5M da sua venda, ainda investirmos 7,5M por 50% do passe num jogador extremamente desvalorizado (Vietto).

    Se a tudo isto ainda juntarmos mais 25/30M em compras, só pudemos concluir que isto não é (ou não deveria ser) o comportamento de um clube com falta de liquidez, estamos a gastar o pouco que temos e, se calhar, o que não temos, em jogadores importados de qualidade ainda por comprovar quando devíamos ter reunido os recursos internos, ver o que podíamos aproveitar e se tivéssemos de adquirir alguém, tal como o Pedro menciona, era trazer valor para entrar no imediato.

    Sei que ainda é cedo para fazer algum tipo de balanço nesta pré-época, mas já dá para formar uma primeira opinião e na minha, não há um único jogador contratado neste mercado de verão que possa dizer que é titular de caras, os que se destacam mais, são os que já cá estavam.

    Estou muito preocupado com o futuro Pedro, muito mesmo...

  • Imagem de perfil

    Pedro Azevedo 15.07.2019

    Eu também acho que a contratar alguém teria de ser para entrar de caras na equipa principal. E não vejo isso. Teria preferido muito menos quantidade e mais qualidade. Assim, haveria oportunidade para a Formação e um "upgrade" do que tínhamos. Desta forma, creio que poderá ser um loose-loose, tanto do ponto de vista desportivo como financeiro.

    Apesar de tudo, não perdendo Bruno, num jogo podemos bater qualquer um- por isso, acho que vamos ganhar a Supertaça. No campeonato é que não estou nada confiante, porque é uma competição onde são necessárias primeiras e segundas linhas de qualidade e eu creio que, nessa matéria, nós mal conseguimos fazer um onze quanto mais dois.
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Mais sobre mim

    Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Mensagens

    Arquivo

    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2020
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2019
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2018
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D

    Castigo Máximo

    De forma colocada, de paradinha, ou até mesmo à Panenka ou Cruijff, marcaremos aqui a actualidade leonina. Analiticamente ou com recurso ao humor, dentro ou fora da caixa, seremos SPORTING sempre.

    Siga-nos no Facebook

    Castigo Máximo

    Comentários recentes