Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Castigo Máximo

De forma colocada, de paradinha, ou até mesmo à Panenka ou Cruijff, marcaremos aqui a actualidade leonina. Analiticamente ou com recurso ao humor, dentro ou fora da caixa, seremos SPORTING sempre.

De forma colocada, de paradinha, ou até mesmo à Panenka ou Cruijff, marcaremos aqui a actualidade leonina. Analiticamente ou com recurso ao humor, dentro ou fora da caixa, seremos SPORTING sempre.

Castigo Máximo

09
Ago19

O embargo


Pedro Azevedo

O embargo é uma prática comum no comércio internacional que pode ser ditado por querelas políticas entre países, ou simplesmente por questões de proteccionismo económico. Sempre fértil em absorver os elevadíssimos padrões morais e éticos da sociedade moderna, o futebol parece tê-lo adoptado recentemente.

 

Sejamos francos, parece haver uma estratégia de controlo dominante do poder por parte de um clube nacional. Essa estratégia implicará o condicionamento dos rivais. Aparentemente, e pelo que se vai percebendo no que às transferências diz respeito (recomendo a leitura de um tal Pippo Russo), determinadas ligações entre agentes e presidentes/directores desportivos internacionais, alegadas mas nunca provadas participações económicas de empresários em clubes e falta de regulação geral do sistema ajudam tal propósito. Só nesse cenário pode ser compreensível que um Félix saia por 120 milhões de euros e que por um Bruno, melhor jogador da nossa Liga em 2 anos consecutivos, não se pague nem €70 milhões. 

 

Perante este cenário, mandaria o bom senso que o Sporting desenvolvesse o seu produto sem estar dependente do mercado. E que o promovesse com garantia de qualidade, apoiado para tal em inúmeros exemplos da sua gloriosa história. Acontece porém que o senhor presidente do clube de Alvalade, seguro dos seus dotes de anatomista, produziu o diagnóstico de que o "paciente" não se encontra bem, não sendo possível determinar de momento, dada a profusão de notícias de baixas na Formação, se investido de médico-legista não terá já mesmo decretado o óbito. Fiél àquele ensinamento da Clarice Lispector, de que "não se deve preocupar em entender, viver ultrapassa qualquer entendimento" (pelo menos até à hora da morte), foi mesmo alimentar o tal mercado que nega valor aos nossos activos, tendo numa voltinha de Verão comprado um T5 na Reboleira equipado com uma Sala de Enfermaria com duas camas (para Rosier e Camacho), empreendimento para o qual se receia que nem haja colchões suficientes. 

 

Ao mesmo tempo que se vão empilhando stocks de compras no mercado (que mais tarde doaremos a alguma instituição), a Formação continua em filas-de-espera. Um modelo genial de Investigação Operacional, em que não há limite às importações, mas, em oposição, o sinal de trânsito de Alcochete para Alvalade encontra-se quase sempre (ai Thierry, até quando...) vermelho, coisa que aliás já vem de trás. Ora, vermelho é a côr do rival, pelo que esta "Gertrudes" que promove o controlo "inteligente" do nosso tráfego já me está a incomodar. Proponho então que se mude o nome para "Dolores", em homenagem à mãe do nosso Cristiano Ronaldo, rapaz que aparentemente não se deu mal com a luz verde que recebeu para Alvalade, de onde saiu para uma carreira digna de estórias de encantar. Como esta, ficcionada pois com certeza, aliás é. Não para nós, bem entendido.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D

Castigo Máximo

De forma colocada, de paradinha, ou até mesmo à Panenka ou Cruijff, marcaremos aqui a actualidade leonina. Analiticamente ou com recurso ao humor, dentro ou fora da caixa, seremos SPORTING sempre.

Siga-nos no Facebook

Castigo Máximo

Comentários recentes

  • Miguel

    Assino por baixo.Cabeça fria, empenho, confiança.O...

  • Vero Leão

    Caro Pedro, o mais importante neste momento é ter ...

  • Anónimo

    Bom dia a todos.Sempre disse que a compra do Pauli...

  • Costela Sportinguista

    Na mouche meu bom amigo Pedro!Calma e Serenidade: ...

  • Anónimo

    Olá Pedro, apenas um lembrete off the record: Visi...