Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Castigo Máximo

De forma colocada, de paradinha, ou até mesmo à Panenka ou Cruijff, marcaremos aqui a actualidade leonina. Analiticamente ou com recurso ao humor, dentro ou fora da caixa, seremos SPORTING sempre.

De forma colocada, de paradinha, ou até mesmo à Panenka ou Cruijff, marcaremos aqui a actualidade leonina. Analiticamente ou com recurso ao humor, dentro ou fora da caixa, seremos SPORTING sempre.

Castigo Máximo

19
Mar21

O trio de trás


Pedro Azevedo

Com Coates indisponível por suspensão devida a acumulação de amarelos, Rúben Amorim terá de operar uma alteração no habitual trio de centrais titular. Nesse sentido, entrará Neto ou Matheus Reis. Na minha opinião será Neto, porque não é crível que Amorim queira jogar com 3 centrais esquerdinos em simultâneo. Por outro lado, coloca-se a questão se a entrada de um jogador mexerá, ou não, com as posições dos restantes. Creio que Amorim não prescindirá de Feddal ao meio, solução sempre encontrada nas ausências de Coates, pelo que o mais certo é Neto aparecer pela direita, o marroquino no centro e Inácio voltar à esquerda. Não me parece que a questão das rotinas recentes deva prevalecer sobre o maior à vontade que os jogadores têm em certas posições, razão pela qual a solução de Neto entrar directamente para o centro (posição natural de Coates) parece-me pouco concretizável. Aliás, Neto tem vindo sempre a ser utilizado como central pela direita. E o Leitor? Como perspectiva o que Amorim virá a fazer?

2 comentários

  • Imagem de perfil

    Pedro Azevedo 19.03.2021

    Neto tem sido surpreendentemente coeso e fiável nesta nova era de Ruben Amorim. É certo que na temporada passada pareceu mau de mais para um jogador internacional e experiente, mas ainda assim não deixa de ser surpreendente esra capacidade de dar a volta por cima que mostrou. Com q bola nos pés não dá ao jogo aquilo que Inácio transmite, mas defensivamente tem sido sólido, sempre no sítio certo e altamente comprometido com a equipa. Aliás, há um pormenor a que geralmente estou atento e que esta equipa mostra: em situação de desequilíbrio defensivo há sempre um jogador capaz de se atirar contra a bola, dar o peito às balas. E isso é compromisso.

    Quanto a Jovane, também o escalaria como titular.

    Obrigado pelo seu contributo, caro JG


  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Mais sobre mim

    Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Mensagens

    Arquivo

    1. 2022
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2021
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2020
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2019
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2018
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D

    Castigo Máximo

    De forma colocada, de paradinha, ou até mesmo à Panenka ou Cruijff, marcaremos aqui a actualidade leonina. Analiticamente ou com recurso ao humor, dentro ou fora da caixa, seremos SPORTING sempre.

    Siga-nos no Facebook

    Castigo Máximo

    Comentários recentes

    • Pedro Azevedo

      Pois eu estreei-me ao vivo com um 5-1 ao Porto de ...

    • jpt

      Bela memória (os 7-0 ao Olhanense foram o primeiro...

    • Pedro Azevedo

      Todos eles infelizmente já falecidos, caro João Gi...

    • João Gil

      Eterno, inesquecível. De memória só, pelos golos m...

    • Anónimo

      Eterno, inesquecível. De memória só, pelos golos m...