Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Castigo Máximo

De forma colocada, de paradinha, ou até mesmo à Panenka ou Cruijff, marcaremos aqui a actualidade leonina. Analiticamente ou com recurso ao humor, dentro ou fora da caixa, seremos SPORTING sempre.

De forma colocada, de paradinha, ou até mesmo à Panenka ou Cruijff, marcaremos aqui a actualidade leonina. Analiticamente ou com recurso ao humor, dentro ou fora da caixa, seremos SPORTING sempre.

Castigo Máximo

11
Jan19

Os cavalos também se abatem


Pedro Azevedo

Antevendo o clássico de amanhã, há que pensar como sobrepor a força das nossas ideias face à ideia de força que emana do pensamento estratégico inerente às tropas lideradas por Sérgio Conceicao. Para isso, a Marcel Keizer (o Kaiser?), mais do que ser visionário pede-se que seja divisionário, sem que com isso perca nada da sua identidade, pelo contrário reforce os pontos-fortes do seu Keizerbol.

A força do Porto reside essencialmente na sua unidade de cavalaria, formada pelos puros-sangue Marega, Soares, Herrera e Danilo e apoiada pelos blindados Maxi e Felipe. Como tal, o Sporting vai ter de lhes opor uma linha separadora de sapadores de infantaria composta por Gudelj (Petrovic) e Wendel, que deverão assegurar a mobilidade do nosso jogo e, simultaneamente, empreender ações de minagem e demolição que visem interromper a ligação entre a frente e a rectaguarda da cavalaria azul-e-branca. Cumprido este plano, estarão criadas as condições para tacticamente se colocarem em campo as nossas ideias, através de movimentos e apoios frontais, conduzidos pelo centro, que criem espaço e tempo para que a bataria de artilharia liderada pelos capitães Nani e Bruno Fernandes possa expelir o seu poder de fogo. Estabelecido o caos no último reduto adversário, será chegada a hora para as ações rápidas (‘blitz’) e cirúrgicas de guerrilha a cargo de Raphinha. Enfraquecido o poder bélico do adversário no solo, o seu desNorte deve ser potenciado pela entrada em cena da força aérea, através de ações de desgaste permanente a cargo de Bas Dost e/ou de raids planeados e organizados em laboratório para os envolvimentos de Coates e de Mathieu. 

No final, se todos cumprirem o plano, a vitória será nossa. É que os cavalos também se abatem. 

 

(Nota: o meu prognóstico para o clássico é uma vitória do Sporting por 3-2. Só para Keizer marcar uma posição...)

KEIZER VS CONCEIÇÃO.jpg

(Fonte imagem: MVP Desportiva)

3 comentários

  • Imagem de perfil

    Pedro Azevedo 11.01.2019

    Caro Luís,

    é um facto que o Sporting de Keizer começou com um meio campo com 3 jogadores de perfil, sendo Gudelj o mais recuado e Wendel o mais avançado ( Bruno entre eles). Um pouco como o Pirto campeão europeu dez Mourinho, com Costinha, Maniche e Deco. Depois, com a lesão de Wendel, avançou Bruno e Muguel Luís passou a ser o segundo homem. Nos últimos jogos isso já não foi tão claro e pareceu-me que voltamos a adoptar a geometria e, no caso, um triângulo, com Gudelj atrás e Bruno e Wendel na mesma linha. A verdade é que o jogo deixou de fluir .
    Quero que Jeizer seja Keizer e espero que não tenhamos a dupla de sérvios. Seria um passo atrás no sentido de uma adaptação ao futebol português que não vejo com bons olhos. A meu ver, a melhor forma de parar a cavalaria portista é não os deixar sair de trás , dominando nos o meio campo e o centro do terreno, com Nani em movimentos interiores a assegurar 4 no meio campo. Se perdermos com uma táctica defensiva será o fim do estado de graça de Keizer e a negação da sua própria ideia de futebol positivo. Eu jogaria com Petrovic, Bruno e Wendel ( Xico ainda não terá ritmo).

    Saudações Leoninas
  • Sem imagem de perfil

    Luis Ferreira 11.01.2019

    Não seria necesariamente uma tática defensiva, mas sim, como temos feito, defender em 4-4-2 com Petrovic e Gudelj lado a lado e Bruno ao lado de Bas Dost, e atacar em 4-3-3 com Petrovic a 6 e mais liberdade a Gudelj do que tem tido. Pelo que li talvez seja isso que Keizer tem testado. Sendo que, com os jogadores convocados, a minha escolha para o meio campo seria a mesma que a sua! E tenho pena que Miguel Luis não tenha sido convocado.
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Mais sobre mim

    Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Mensagens

    Arquivo

    1. 2022
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2021
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2020
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2019
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2018
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D

    Castigo Máximo

    De forma colocada, de paradinha, ou até mesmo à Panenka ou Cruijff, marcaremos aqui a actualidade leonina. Analiticamente ou com recurso ao humor, dentro ou fora da caixa, seremos SPORTING sempre.

    Siga-nos no Facebook

    Castigo Máximo

    Comentários recentes

    • Pedro Azevedo

      * Meu caro, está errado… * informá-lo

    • Carlos Calado

      Caro Pedro Azevedo,A sua análise só peca por não t...

    • Pedro Azevedo

      Meu cariz está errado. se eu não aceitasse o seu d...

    • LeãoSempre

      Não, amigo! Não tinha o intuito de responder mas s...

    • João Gil

      O futebol de hoje em dia está cheio de GOAT’s. Que...