Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Castigo Máximo

De forma colocada, de paradinha, ou até mesmo à Panenka ou Cruijff, marcaremos aqui a actualidade leonina. Analiticamente ou com recurso ao humor, dentro ou fora da caixa, seremos SPORTING sempre.

De forma colocada, de paradinha, ou até mesmo à Panenka ou Cruijff, marcaremos aqui a actualidade leonina. Analiticamente ou com recurso ao humor, dentro ou fora da caixa, seremos SPORTING sempre.

Castigo Máximo

10
Dez19

Para mais tarde recordar(*)


Pedro Azevedo

Numa cadeira situada no A24, um homem contempla, ao fim da tarde, a silhueta dos seus consócios dispostos pela bancada poente oposta. 

Dada a hora, no relvado já se reflecte a sua sombra.

Muitos dos consócios, sentados em frente de si, brevemente irão partir. Ao amanhecer fartar-se-ão do maniqueísmo, do niilismo, das bravatas e da guerra e não voltarão. E a sombra, sua companheira de viagem, também irá com eles e com eles desaparecerá.

Mas ainda é fim da tarde. O homem busca um pedaço de papel e nele desenha o contorno da sombra.

Esses traços não irão partir.

Não festejarão em uníssono, e ele sabe-o. Mas não irão partir. 

 

(*) Adaptação livre do conto "A arte de desenhar-te", de Eduardo Galeano

2 comentários

  • Imagem de perfil

    Pedro Azevedo 11.12.2019

    Subscrevo!

    Este blogue desde a sua génese tem recuperado inúmeras memórias do Sporting e dos heróis que estiveram na sua origem. Sem procurar a reacção emocional das pessoas, sem ser gratuito ou provocatório em temas polémicos, apenas tentando traduzir a forma como o seu autor vê o Sportinguismo. E, com isso, abrindo espaço para todos partilharem a sua opinião. Procurando sempre a concórdia, ainda que ela se traduza simplesmente em concordar em discordar. Últimamente, somos invadidos por Lendas e Narrativas. Que não de Herculano, para meu pesar. Essas Lendas e Narrativas não têm como motivação a partilha, apenas visam condicionar o raciocínio e opinião de cada um. São dictats. Também não visam fomentar ou fortalecer o Sportinguismo, pois apenas pretendem transmitir as razões de alguém. Já é tempo de nos deixarmos das nossas razões individuais, a razão que importa devia assistir única e exclusivamente ao Sporting. De que é que serve estarmos cheios de razão e o Sporting estar cheio de nada, do vazio? Mas a tentativa de provar uma razão, custe o que custar ao clube, importando as narrativas que forem necessárias, utilizando quem for necessário utilizar naquele contexto específico (que noutro dia, quando não for útil, pode ser cobardemente atacado por notícias plantadas na imprensa), promete continuar. E por isso aqui será, na medida do possível, combatida.
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Mais sobre mim

    Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Mensagens

    Arquivo

    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2020
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2019
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2018
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D

    Castigo Máximo

    De forma colocada, de paradinha, ou até mesmo à Panenka ou Cruijff, marcaremos aqui a actualidade leonina. Analiticamente ou com recurso ao humor, dentro ou fora da caixa, seremos SPORTING sempre.

    Siga-nos no Facebook

    Castigo Máximo

    Comentários recentes

    • Pedro Azevedo

      GPS é muito bom. Uma história curiosa: um grupo de...

    • Pedro Azevedo

      O Paulinho revela dificuldades na finalização a 1 ...

    • Verde Protector

      É una boa comparação com Firmino. Mas o brasileiro...

    • Pedro Azevedo

      Não esquecer a Quadriga Mafiosa do Liverpool forma...

    • Pedro Azevedo

      Obrigado, caro Verde Protector. A nossa mitologia ...