Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Castigo Máximo

De forma colocada, de paradinha, ou até mesmo à Panenka ou Cruijff, marcaremos aqui a actualidade leonina. Analiticamente ou com recurso ao humor, dentro ou fora da caixa, seremos SPORTING sempre.

De forma colocada, de paradinha, ou até mesmo à Panenka ou Cruijff, marcaremos aqui a actualidade leonina. Analiticamente ou com recurso ao humor, dentro ou fora da caixa, seremos SPORTING sempre.

Castigo Máximo

16
Ago20

Pró-Bono


Pedro Azevedo

Julien Lopetegui, treinador que não deixou saudades na cidade do Porto, especializou-se em ser o carrasco dos portugueses na Liga Europa. Primeiro eliminou a Roma de Paulo Fonseca, depois afastou o Wolverhampton de Nuno Espírito Santo, Ruben Vinagre, Moutinho, Ruben Neves, Jota, Podence e Pedro Neto, agora despachou o United de Bruno Fernandes a caminho da final. Sendo certo que no futebol não há justiça ou injustiça, os "Red Devils" foram muito penalizados pela sua falta de eficácia. Bruno ainda adiantou os de Manchester no marcador, mas os sevilhanos viriam a operar a reviravolta. Uma vitória pró-Bono, tal a contribuição do guarda-redes para o triunfo andaluz. Todavia, um português ainda poderá ser o último a rir: Luís Castro, ao leme do Shakhtar Donetsk, defronta amanhã o Inter e ganhando encontrará Lopetegui na final da Liga Europa. 

4 comentários

  • Imagem de perfil

    Pedro Azevedo 17.08.2020

    O Man U tem dois avançados muito móveis (Martial e Rashford), mas galtar-lhr-á um ponta de lança mais fixo. O Liverpool teve épocas em que também lhe faltou alguém que lhe desse mais qualquer coisa em organização ofensiva, pois em transições eta muito forte. Acabou por o resolver com Firmino, um dois-em-um. Com Bruno Fernandes por detrás, se o Manchester conseguir esse jogador - eventualmente sacrificando Greenwood - ficará fortíssimo em todos os momentos do jogo.

  • Sem imagem de perfil

    JG 17.08.2020

    Mas as limitações dos.centrais são um poderoso handicap. Não se podem sofrer golos como o segundo golo do Sevilha. A abordagem de Linfelof -a falta dela - é recorrente.
  • Imagem de perfil

    Pedro Azevedo 17.08.2020

    Sim. Lindelof pareceu querer meter Luuk de Jong em fora de jogo. Entretanto a defesa baixou e o sueco ficou perdido, sem referência alguma que não a da própria bola, deixando o holandês completamente solto. Uma oferenda! Devo dizer que tanto Lindelof como o próprio Maguire não me convencem. É certo que o ex-Leicester é por vezes providencial na bola parada, mas para um jogador que custou 90 milhões ou assim fica aquém.
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Mais sobre mim

    Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Mensagens

    Arquivo

    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2020
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2019
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2018
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D

    Castigo Máximo

    De forma colocada, de paradinha, ou até mesmo à Panenka ou Cruijff, marcaremos aqui a actualidade leonina. Analiticamente ou com recurso ao humor, dentro ou fora da caixa, seremos SPORTING sempre.

    Siga-nos no Facebook

    Castigo Máximo

    Comentários recentes

    • Verde Protector

      Gostei bastante do post. Muito obrigado! Fiquei co...

    • Pedro Azevedo

      Obrigado eu pelas palavras que me dirigiu.

    • Anónimo

      Obrigado pelo post , está genial .

    • Anónimo

      Este Matheus é admirável. Como todos os outros, al...

    • Pedro Azevedo

      Interessante perspectiva sua. A despertar curiosid...