Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Castigo Máximo

De forma colocada, de paradinha, ou até mesmo à Panenka ou Cruijff, marcaremos aqui a actualidade leonina. Analiticamente ou com recurso ao humor, dentro ou fora da caixa, seremos SPORTING sempre.

De forma colocada, de paradinha, ou até mesmo à Panenka ou Cruijff, marcaremos aqui a actualidade leonina. Analiticamente ou com recurso ao humor, dentro ou fora da caixa, seremos SPORTING sempre.

Castigo Máximo

16
Ago20

Pró-Bono


Pedro Azevedo

Julien Lopetegui, treinador que não deixou saudades na cidade do Porto, especializou-se em ser o carrasco dos portugueses na Liga Europa. Primeiro eliminou a Roma de Paulo Fonseca, depois afastou o Wolverhampton de Nuno Espírito Santo, Ruben Vinagre, Moutinho, Ruben Neves, Jota, Podence e Pedro Neto, agora despachou o United de Bruno Fernandes a caminho da final. Sendo certo que no futebol não há justiça ou injustiça, os "Red Devils" foram muito penalizados pela sua falta de eficácia. Bruno ainda adiantou os de Manchester no marcador, mas os sevilhanos viriam a operar a reviravolta. Uma vitória pró-Bono, tal a contribuição do guarda-redes para o triunfo andaluz. Todavia, um português ainda poderá ser o último a rir: Luís Castro, ao leme do Shakhtar Donetsk, defronta amanhã o Inter e ganhando encontrará Lopetegui na final da Liga Europa. 

9 comentários

  • Imagem de perfil

    Pedro Azevedo 17.08.2020

    O Man U tem dois avançados muito móveis (Martial e Rashford), mas galtar-lhr-á um ponta de lança mais fixo. O Liverpool teve épocas em que também lhe faltou alguém que lhe desse mais qualquer coisa em organização ofensiva, pois em transições eta muito forte. Acabou por o resolver com Firmino, um dois-em-um. Com Bruno Fernandes por detrás, se o Manchester conseguir esse jogador - eventualmente sacrificando Greenwood - ficará fortíssimo em todos os momentos do jogo.

  • Sem imagem de perfil

    JG 17.08.2020

    Mas as limitações dos.centrais são um poderoso handicap. Não se podem sofrer golos como o segundo golo do Sevilha. A abordagem de Linfelof -a falta dela - é recorrente.
  • Imagem de perfil

    Pedro Azevedo 17.08.2020

    Sim. Lindelof pareceu querer meter Luuk de Jong em fora de jogo. Entretanto a defesa baixou e o sueco ficou perdido, sem referência alguma que não a da própria bola, deixando o holandês completamente solto. Uma oferenda! Devo dizer que tanto Lindelof como o próprio Maguire não me convencem. É certo que o ex-Leicester é por vezes providencial na bola parada, mas para um jogador que custou 90 milhões ou assim fica aquém.
  • Sem imagem de perfil

    JG 17.08.2020

    Subscrevo a análise caro Pedro. Maggie é um defesa duro de rins e com claras limitações na saída de jogo. Desse ponto de vista o MU é uma equipa banal.
    Acresce o facto de o guarda-redes também não ter tudo uma época brilhante provavelmente a denunciar alguma perda de qualidade.
    Bruno Fernandes com a sua classe superlativa e a sua.liderança disfarçou muita coisa mas enganam-se os que.acham que.o MU está preparado para lutar pelo título.
  • Imagem de perfil

    Pedro Azevedo 17.08.2020

    O De Gea teve uma temporada má, com erros fatais como na meia final da Taça de Inglaterra. Está hoje longe de ser um super guarda-redes, a anos-luz de um Alisson ou Ederson, por exemplo. O sector defensivo do Manchester não é famoso, embora a equipa como um todo o disfarce muitas vezes devido à pressão sobre a bola que é feita pelos atacantes e médios. A menor valia da defesa acaba por ser evidenciada na saída de bola e nas transições em que fica exposta. Às vezes penso no que Cruijff fez no Barcelona, quando recuou Guardiola para acompanhar Koeman como central, e penso que o recuo de Pogba seria uma mais-valia para um futebol do Manchester cuja inspiração fisse proveniente do jogo posicional.

    Eu creio que o melhor futebol que hoje em dia se prática no mundo é liderado por treinadores alemães. Não o digo apenas pelos resultados recentes, é algo que venho observando com interesse. É como se os alemães tivessem aperfeiçoado o futebol total holandês e o tivessem complementado com a sua proverbial eficácia e fiabilidade. Imensa facilidade em encontrar espaços entrelinhas e mobilidade extrema dos laterais, saída de bola competente através de centrais adaptados para o efeito - de que o antigo lateral Alaba é o exemplo acabado - são algumas das ideias que estão a fazer a diferença no futebol actual. Com a estreia de Moutinho a desvanecer-se, os treinadores portugueses têm aqui outras referências a que agarrar-se, sob pena de, não o fazendo, se atrasarem irremediavelmente. O futebol hoje é vertigem e flexibilidade tactica, mobilidade e desorganização organizada, e em Portugal só vejo Carvalhal e João Pedro Sousa a darem passos nesse sentido.
  • Sem imagem de perfil

    JG 17.08.2020

    Julgo.que Carvalhal aproveitou muito bem a sua passagem pela Championship e reformulou a sua visão do jogo. Numa entrevista recente ao Expresso ele explica a.forma.como entende jogo.
    Um treinador que.nos.teria.dado muito jeito. Tal como Luís Castro.que hoje deftonta António Conté.
  • Imagem de perfil

    Pedro Azevedo 17.08.2020

    Carvalhal resolveu melhor o problema da transição defensiva do que o João Pedro Sousa. A sua equipa era mais equilibrada que o Famalicão. Também era bastante mais experiente e tinha um núcleo duro que já se conhecia, o que faz a diferença. Claro que o Taremi não vale só pelos golos que marca, mas também pela forma como se dá ao jogo, arrasta marcações ou serve apoios frontais. Mas olhando para os golos, o iraniano marca 1 golo a cada 131 minutos, vários penaltis incluídos. O Gelson Dala, que jogou menos é só chegou em Janeiro, marcou 1 golo a cada 97 minutos (sem penaltis), a maioria das vezes jogando como segundo ponta de lança por detrás do iraniano. Ou muito me engano ou o angolano um dia destes acabará em Braga...
  • Sem imagem de perfil

    JG 17.08.2020

    Intermediado por Francisco Varandas e Hugo Viana com o aval de Rúben Amorim, digo eu. Feito o negócio Nuno Santos e caso TaremI vá para o Porto, Carvalhal irá mover os cordelinhos para que Dala inicie a época em Braga.
    Salvador está a exagerar no valor pedido por Paulinho. Não fora isso e TaremI não escaparia aos guerreiros
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Mais sobre mim

    Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Mensagens

    Arquivo

    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2020
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2019
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2018
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D

    Castigo Máximo

    De forma colocada, de paradinha, ou até mesmo à Panenka ou Cruijff, marcaremos aqui a actualidade leonina. Analiticamente ou com recurso ao humor, dentro ou fora da caixa, seremos SPORTING sempre.

    Siga-nos no Facebook

    Castigo Máximo

    Comentários recentes

    • Verde Protector

      Gostei bastante do post. Muito obrigado! Fiquei co...

    • Pedro Azevedo

      Obrigado eu pelas palavras que me dirigiu.

    • Anónimo

      Obrigado pelo post , está genial .

    • Anónimo

      Este Matheus é admirável. Como todos os outros, al...

    • Pedro Azevedo

      Interessante perspectiva sua. A despertar curiosid...