Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Castigo Máximo

De forma colocada, de paradinha, ou até mesmo à Panenka ou Cruijff, marcaremos aqui a actualidade leonina. Analiticamente ou com recurso ao humor, dentro ou fora da caixa, seremos SPORTING sempre.

De forma colocada, de paradinha, ou até mesmo à Panenka ou Cruijff, marcaremos aqui a actualidade leonina. Analiticamente ou com recurso ao humor, dentro ou fora da caixa, seremos SPORTING sempre.

Castigo Máximo

15
Dez20

Ronaldo no onze ideal de sempre


Pedro Azevedo

A France Football, prestigiada revista gaulesa dedicada ao futebol, elegeu o Melhor Onze de Sempre da história e Cristiano Ronaldo faz parte do selecto grupo de eleitos. Um motivo de orgulho para Portugal e para a Formação do Sporting Clube de Portugal, como aliás não poderia deixar de ser. Aqui fica o Onze escolhido pela France Football, para o efeito disposto num 3-4-3: Lev Yachin; Cafú, Beckenbauer e Maldini; Xavi, Matthaus, Maradona e Pelé; Messi, Ronaldo Nazario e Cristiano Ronaldo. 

 

Já agora, aqui deixo também o melhor Onze de Sempre que vi jogar (observei bastantes vídeos deles, mas não sou contemporâneo de Pelé, Eusébio, George Best, Garrincha, Gerson, Puskas ou DiStefano): Sepp Maier (Alemanha); Leandro (Brasil), Beckenbauer (Alemanha), Franco Baresi (Itália) e Júnior (Brasil); Redondo (Argentina), Rivellino (Brasil) e Diego Armando Maradona (Argentina); Leonel Messi (Argentina), Cruijff (Holanda) e Cristiano Ronaldo (Portugal). 

 

Para compôr os 22 teria as seguintes opções: Manuel Neuer (Alemanha); Cafú (Brasil), Ronald Koeman (Holanda), Gaetano Scirea (Itália) e Paolo Maldini (Itália); Falcão (Brasil), Zico (Brasil) e Michel Platini (França); Ruud Gullit (Holanda), Romário (Brasil) e Ronaldinho Gaúcho (Brasil). 

 

Como é difícil não ficarem grandes jogadores de fora, não resisto a elencar mais onze: Peter Schmeichel (Dinamarca); Manfred Kaltz (Alemanha), Hierro (Espanha), Daniel Passarella (Argentina) e Roberto Carlos (Brasil); Frank Rijkaard (Holanda), Sócrates (Brasil) e Zidane (França); Hristo Stoichkov (Bulgária), Ronaldo Nazário (Brasil) e Paulo Futre (Portugal). 

 

E tantos e tão bons mais haveria que gostaria de mencionar... Assum de repente: Pfaff, Gerets, Costacurta, Gordillo, Krol, Briegel, Antonio Cabrini, Paulo Sousa, Figo, Balakov, Neeskens, Makelele, Giresse, Tigana, Deco, Scifo, Hagi, Raí, Neymar, Mbappé, Michael Laudrup, Rob Rensenbrink, Van Basten, Bruno Conti, Rummenigge, Gerd Müller, Preben Elkjaer-Larsen...

 

E o Leitor, qual seria o seu melhor Onze que viu jogar?

Cristiano-Ronaldo.jpg

2 comentários

  • Imagem de perfil

    Pedro Azevedo 15.12.2020

    Caro JG, é de facto um exercício muito difícil escolher um Onze de todos os tempos. Há tantos e tão bons, para além da carga óbvia de subjectividade. Por exemplo, eu gostava muito do Zico, achava-o um jogador estupendo. Mad o Rivellino foi um dos jogadores da Copa de 70 (segundo melhor do torneio, creio) e depois vi-o jogar em 74 e 78. Era magnífico e inventou o elástico, aquela finta que o Ronaldinho sabia fazer tão bem. Foi um ídolo do Corinthians (Garoto do Parque) e do Fluminense (Príncipe das Laranjeiras), um craque, optei por ele em detrimento do Zico por ser mais meia e o Zico quase um segundo avançado.

    SL
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Mais sobre mim

    Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Mensagens

    Arquivo

    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2020
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2019
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2018
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D

    Castigo Máximo

    De forma colocada, de paradinha, ou até mesmo à Panenka ou Cruijff, marcaremos aqui a actualidade leonina. Analiticamente ou com recurso ao humor, dentro ou fora da caixa, seremos SPORTING sempre.

    Siga-nos no Facebook

    Castigo Máximo

    Comentários recentes

    • Pedro Azevedo

      Não queria aqui introduzir a clubite, pese embora ...

    • José da Xã

      Uma vergonha.O mais estranho é que há lampiões a v...

    • Manuel Cunha

      Caro PedroBurrice minha. Peço desculpa.Pelo impact...

    • Pedro Azevedo

      Caro Manuel Cunha, pode escalonar os 6 treinadores...

    • Manuel Cunha

      Eu diria o Amorim, pois esteve sozinho sem influên...