Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Castigo Máximo

De forma colocada, de paradinha, ou até mesmo à Panenka ou Cruijff, marcaremos aqui a actualidade leonina. Analiticamente ou com recurso ao humor, dentro ou fora da caixa, seremos SPORTING sempre.

De forma colocada, de paradinha, ou até mesmo à Panenka ou Cruijff, marcaremos aqui a actualidade leonina. Analiticamente ou com recurso ao humor, dentro ou fora da caixa, seremos SPORTING sempre.

Castigo Máximo

14
Set20

Tudo ao molho e fé em Deus

O Homem Duplicado


Pedro Azevedo

Neste cantinho castiço mais ocidental da Europa há um António Costa que por acaso é primeiro-ministro e "vai à bola" com Luis Filipe Vieira. A fim de justificar o seu apoio a um candidato nas eleições de um clube, o senhor propõe que o multipliquemos por dois: há o António Costa político no activo e governante e o António Costa cidadão e sócio do Sport Lisboa e Benfica. A questão em aberto é a seguinte: na medida em que o primeiro-ministro não vê qualquer problema em publicamente se imiscuir nas eleições de um clube, até que ponto o sócio do SLB que há em Costa terá acautelado não se imiscuir em matéria de Estado? 

antónio costa.jpg

6 comentários

  • Imagem de perfil

    Pedro Azevedo 14.09.2020

    Por acaso um exemplo semelhante ocorreu-me enquanto escrevia o texto. O contexto era o de um banco, mas o princípio era igual.
  • Sem imagem de perfil

    V. Guerreiro 14.09.2020

    Mas já agora, aproveitando este feliz espaço que permite conhecer melhor o Pedro Correia, permita-me perguntar-lhe qual a sua opinião sobre a postura que um clube deve ter relativamente aos poderes com que interage, em particular o político e o judicial, por serem os mais críticos. A tentação de trazermos "o poder" para junto de nós é grande. E é natural, todas as pessoas gostam de se dar com quem mais pode. Há alguma forma de termos um juiz ou um membro do governo numa tribuna VIP dum estádio sem que isso signifique, ou possa significar, promiscuidade?
  • Imagem de perfil

    Pedro Azevedo 14.09.2020

    Eu entendo que deve haver reuniões com o poder executivo em matérias como a fiscalidade aplicável aos jogadores de futebol e restantes atletas ou a intervenção do Estado no sentido de um negócio do futebol melhor, são , mais competitivo, transparente e íntegro no caso do regulador Liga não conseguir dar conta do recado. Mas penso que essas coisas devem ser tornadas públicas e decorrerem do interesse comum numa indústria, indústria essa que tem impacto no PIB nacional. O que importa evitar é que interesses particulares se sobreponham ao bem comum, e isso tanto serve ao Sporting, ao futebol português ou a qualquer outra actividade. Nesse sentido, tendo os clubes tantos stakeholders (através das SADs) e sócios, compreende-se pior porque razão algumas tribunas estão cheias de políticos e juizes. Creio que tal não é saudável. Mas isto deve ser biunívoco, se calhar os políticos e juizes também deveriam pensar que não há “free lunches “ e evitar certas situações (acredito que muitos o façam, naturalmente).
  • Sem imagem de perfil

    V. Guerreiro 14.09.2020

    Concordo.
    SL
  • Imagem de perfil

    Pedro Azevedo 14.09.2020

    Saudações Leoninas
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Mais sobre mim

    Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Mensagens

    Arquivo

    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2020
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2019
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2018
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D

    Castigo Máximo

    De forma colocada, de paradinha, ou até mesmo à Panenka ou Cruijff, marcaremos aqui a actualidade leonina. Analiticamente ou com recurso ao humor, dentro ou fora da caixa, seremos SPORTING sempre.

    Siga-nos no Facebook

    Castigo Máximo

    Comentários recentes

    • Pedro Azevedo

      Nós vamos à Lua! Será um pequeno passo para o club...

    • Anónimo

      Boa tarde Pedro:"Nós escolhemos ir para a Lua! Nós...

    • Pedro Azevedo

      Caro JG, o seu comentário expressa a preocupação q...

    • Pedro Azevedo

      Aguardemos, estimada Maria Inês. Nós somos do Spor...

    • Maria Inês

      Eu também acredito que a dinâmica está lá mas nao ...