Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Castigo Máximo

De forma colocada, de paradinha, ou até mesmo à Panenka ou Cruijff, marcaremos aqui a actualidade leonina. Analiticamente ou com recurso ao humor, dentro ou fora da caixa, seremos SPORTING sempre.

De forma colocada, de paradinha, ou até mesmo à Panenka ou Cruijff, marcaremos aqui a actualidade leonina. Analiticamente ou com recurso ao humor, dentro ou fora da caixa, seremos SPORTING sempre.

Castigo Máximo

29
Out20

Tudo ao molho e fé em Deus

Um Sporting à Benjamin Button


Pedro Azevedo

O Sporting começou o jogo de uma forma lenta e muito previsível, foi-se revigorando à medida que os laterais passaram a ser alas puros e a saída via médios trocada pelo jogo em "U", e acabou rejuvenescido por um banho de golos sucessivos nos últimos 10 minutos que não expressa minimamente as dificuldades sentidas na maioria do tempo. Em suma, um Sporting à Benjamin Button que nasceu para o jogo com um Neto já avô e só deu a volta quando o avô deu lugar ao neto. 

 

Diga-se em abono da verdade que as dificuldades sentidas pelos leões se deveram à astúcia do treinador gilista. Sagaz, Rui Almeida bloqueou durante todo o tempo a saída de bola leonina pelo centro, dispondo para tal de um losango que enquadrava o par de médios do Sporting. Em permanente inferioridade numérica (2 contra 4) e sem centrais com qualidade técnica para conduzir a bola por entre as linhas da equipa de Barcelos e assim ajudar a diminuir a desproporção de homens no miolo, os leões viram-se bloqueados e sem soluções. Não se estranhou por isso que ao intervalo o resultado permanecesse inalterado. 

 

Para agravar a situação, uma desatenção imperdoável numa bola parada permitiu ao Gil Vicente adiantar-se no marcador logo após o reatamento. Ruben Amorim procurou mexer à hora de jogo, mas nenhuma das suas soluções resolveu o problema central e o Sporting continuou com apenas dois homens no meio-campo. Por essa altura (substituição de Neto), Nuno Mendes era o central pela esquerda, Pote recuara para fazer dupla com Palhinha e Nuno Santos já jogava mais como ala do que lateral. Porém, só aos 71 minutos, com a troca de Porro por Daniel Bragança, é que o Sporting conseguiu encontrar um antídoto para o espartilho em que o Gil Vicente o colocou. Não porque a equipa tivesse conseguido circular pelo meio - para tal recomendar-se-ia o 4-3-3, que além do mais nos teria exposto menos às transições adversárias que poderiam ter sido fatais assim houvessem tido uma melhor definição - , que continuava obviamente bloqueado, mas sim devido à adopção do 3-2-5. Ruben a imitar Herbert Chapman e a recriar o WM popularizado pelo Arsenal, com Tiago Tomás e Nuno Santos como extremos, Jovane e Pote como interiores e Sporar como avançado centro. Evidentemente, para além dos sistemas existem as dinâmicas, e de uma troca de posição entre Pote e Nuno Santos viria a surgir o golo do empate: o ex-famalicense cruzou, Nuno Santos antecipou-se a Jovane - estava com marcação - e apareceu ao primeiro poste a desviar a bola e Sporar cabeceou com êxito ao segundo pau. Estavam decorridos 82 minutos, um minuto que se viria a revelar de grande galo para os de Barcelos. Isto porque logo de seguida, o Sporting voltou a marcar: transição rápida, Sporar recuperou a bola e passou-a a Bragança, e o menino mete um passe frontal de grande classe a isolar Tiago Tomás que chutou no tempo certo e sem dar a possibilidade a Dennis de ser um pimentinha e estragar a noite aos Sportinguistas. Com dois golos num só minuto os gilistas desorientaram-se e, após uma perda de bola infantil dos de Barcelos, Pote encerraria a contagem com um passe à baliza de categoria. Foi um momento Art Deco, na medida em que misturou a exuberante beleza plástica da sua movimentação com o toque fino e suave que trouxe à memória a inteligência e a técnica rendilhada do ex-internacional português Deco. Ruben bem havia alertado que o jogo com o Gil seria a nossa Champions, e o golo de Pedro Gonçalves a fazer lembrar um moderno Deco foi o mais próximo que estivemos de ouvir a magistral composição de Handel. Música para os meus ouvidos, o único dos meus sentidos que por essa altura ainda parecia estar a funcionar após uma noite muito sofrida e em que as imagens que surgiam através do ecrã pareceram durante muito tempo inverosímeis.  

 

Tenor "Tudo ao molho...": Sporar

danielbragancasporar.jpg

6 comentários

  • Imagem de perfil

    Pedro Azevedo 29.10.2020

    Caro Luis Martins, o propósito de quem se desloca ao José Alvalade deve ser apoiar a equipa durante os 90 minutos. Idealmente, os espectadores deverão ser sempre um factor a nosso favor., pois o contrário desafia a lógica da coisa e de certo modo trai aquilo que em miúdos, sem filtros nem preconceitos, nos levou a amar incondicionalmente este clube. O Sporting que vai a campo sempre foi e será aquele que faz todo o sentido.

    Um abraço para si e para os nossos muitos adeptos e consócios do bonito arquipélago açoriano onde temos uma delegação em Angra que dá pelo nome de Lusitânia - o mais campeão dos campeões dos Açores - e actua com as nossas cores.

    Saudações Leoninas
  • Sem imagem de perfil

    Luis Martins 30.10.2020

    Caro Pedro Azevedo, não poderia estar mais satisfeito por conhecer um pouco das nossas delegações, nomeadamente do Lusitânia, na qual sou elemento da direção.

    Caso algum dia se desloque ao Açores, mais concretamente a ilha Terceira, terei todo o gosto em efetuar uma visita guiada a sala de trofeus do mais campeão dos campeões Açorianos, bem como oferecer-lhe um jantar.

    Saudações Lusitanistas
  • Imagem de perfil

    Pedro Azevedo 30.10.2020

    Que feliz coincidência, caro Luís Martins! Terei todo o gosto em estar consigo, assim se proporcione uma visita à Terceira.Infelizmente, dos Açores ainda só conheço a Ilha de São Miguel e, mais concretamente, Ponta Delgada. Uma falha grave que terei de colmatar.

    Um abraço para a Terceira e saudações ao Lusitânia, nossa delegação número 14 se não estou em erro. Achei por bem relembrar esse clube com grande história, até porque as gerações mais jovens conhecem melhor o Santa Clara , o qual tem ligações ao Benfica. Mas a verdade é que o Lusitânia tem mais palmares.

    Saudações Leoninas
  • Sem imagem de perfil

    Luis Martins 30.10.2020

    Correto caro Pedro Azevedo, no dia 24 de Junho de 2022 ( daqui a +/- 1 ano e meio), o clube celebrara o seu centenário, seria uma boa data para a respetiva visita :) Infelizmente o clube perdeu alguma dimensão mediática devido aos resultados do futebol, ( neste momento encontra-se na 3ª divisão) modalidade que atrai como é normal mais seguidores, apesar disso, continua com a equipa de Basquetebol na primeira divisão e de futsal na segunda divisão.
    Confirmo igualmente o numero 14 relativamente a delegação e terei de ser sincero, admirado mas orgulhoso por tal conhecimento.
    Continuação de um excelente trabalho em prol da defesa intransigente do nosso Sporting Clube de Portugal.

    SL diretamente da Terceira

  • Imagem de perfil

    Pedro Azevedo 30.10.2020

    Grato pelo amável convite, vou colocar em agenda. Vamos ver se conseguirei ir. Seria uma honra.Em todo o caso entrarei em contacto consigo por esta caixa de comentários mais próximo da data a fim de confirmar ou não a minha presença.

    Muito obrigado

    Saudações Leoninas
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Mais sobre mim

    Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Mensagens

    Arquivo

    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2020
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2019
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2018
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D

    Castigo Máximo

    De forma colocada, de paradinha, ou até mesmo à Panenka ou Cruijff, marcaremos aqui a actualidade leonina. Analiticamente ou com recurso ao humor, dentro ou fora da caixa, seremos SPORTING sempre.

    Siga-nos no Facebook

    Castigo Máximo

    Comentários recentes

    • Pedro Azevedo

      Não queria aqui introduzir a clubite, pese embora ...

    • José da Xã

      Uma vergonha.O mais estranho é que há lampiões a v...

    • Manuel Cunha

      Caro PedroBurrice minha. Peço desculpa.Pelo impact...

    • Pedro Azevedo

      Caro Manuel Cunha, pode escalonar os 6 treinadores...

    • Manuel Cunha

      Eu diria o Amorim, pois esteve sozinho sem influên...