Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Castigo Máximo

De forma colocada, de paradinha, ou até mesmo à Panenka ou Cruijff, marcaremos aqui a actualidade leonina. Analiticamente ou com recurso ao humor, dentro ou fora da caixa, seremos SPORTING sempre.

De forma colocada, de paradinha, ou até mesmo à Panenka ou Cruijff, marcaremos aqui a actualidade leonina. Analiticamente ou com recurso ao humor, dentro ou fora da caixa, seremos SPORTING sempre.

Castigo Máximo

12
Jun24

Tudo ao molho e fé em Deus

Bob Descartes


Pedro Azevedo

Os jogos de preparação para uma grande competição servem essencialmente para o seleccionador tirar as últimas dúvidas sobre os jogadores e o sistema a utilizar no arranque oficial, assim a jeito de um ensaio geral repetido tantas vezes quantas as necessárias para garantir que a "máquina" fica bem "oleada". Assim acontece um pouco por todo o mundo. Em todo o mundo menos numa "pequena aldeia de irredutíveis gauleses", que por acaso até são portugueses. É verdade, na antecâmara do Euro, por via da sua costumeira originalidade, Portugal tem agora mais dúvidas do que certezas: a outrora garantida linha de 4 defesas está agora ameaçada pelo sistema dos 3 centrais. Assumindo que o meio campo será a 3, Vitinha deixou de ser uma certeza, podendo ser preterido em função de João Neves. Mais, acertar nos 2 laterais (alas?) que serão titulares parece agora um exercício com um coeficiente de dificuldade semelhante a ganhar o Euromilhões. E, na frente, há a incerteza sobre se a táctica será ajustada para poder incluir um vagabundo Félix (há que reabilitar o "Menino de Ouro", nem que para isso tenhamos de entrar em campo com mais 1) ou se o Jota se submeterá humildemente ao 4-3-3 tradicional. Pelo que a única certeza que ficou destes jogos a brincar foi que o Ronaldo será titularíssimo, o que deve estar a dar alguma azia aos "haters" do costume que acham que o Cristiano é o grão de areia que atrapalha o bom funcionamento da "máquina". Viu-se...

 

Aos 39 anos, o Cristiano Ronaldo marcou um golo após um trabalho individual soberbo, fez outro através de uma finalização de primeira de alto nível e ainda enviou um livre directo ao ferro e isolou o Dalot com um passe magnífico. Entre outras minudências que, por exemplo, enfolam o ego e a conta bancária ao Félix mas para o Ronaldo são só um "amouse bouche" para o prato principal que vem a seguir. Será titular de caras. Tal como o Diogo Costa e o Bruno Fernandes. E o Rúben Dias. Também o Bernardo, pelo estatuto. E o Pepe, se estiver bem. Daí para a frente é uma incógnita. Quer dizer, o Palhinha seria titular em 99,9% das selecções e clubes do mundo, mas na nossa nunca se sabe. E o Félix suspeito que jogará de início, pois já se percebeu ser um amor (de perdição?) de Martinez. O resto logo se verá. E quanto aos sistemas, tanto quanto se sabe, poderemos jogar em 4-3-3, 4-4-2, 3-4-3 ou 3-5-2, uma flexibilidade táctica que lembra os tempos de Silas no Sporting e faria o Rúben Amorim perder o cabelo todo ao fim de 45 minutos. 

 

No fundo, as "convicções" de Roberto Martinez assemelham-se à dúvida metódica de René Descartes: Martinez duvida sistematicamente que cada uma das suas crenças seja verdadeira ("Bob, o Desconstrutor"), a fim de construir a partir do zero um sistema de crenças que consista apenas em crenças certificadamente verdadeiras. Com uma única excepção: Félix. No final se verá se a certificação obedecia aos critérios de qualidade ISO e se muitas opiniões tidas como verdadeiras não se revelarão como falsas. Mas para já é preciso começar. Do zero, que da dúvida metódica virá a luz. Se a dúvida falhar, pode sempre avançar o Ronaldo... 

 

Tenor "Tudo ao molho...": Cristiano Ronaldo

cr irl.jpg

2 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens

Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2022
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2021
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2020
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2019
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2018
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D

Castigo Máximo

De forma colocada, de paradinha, ou até mesmo à Panenka ou Cruijff, marcaremos aqui a actualidade leonina. Analiticamente ou com recurso ao humor, dentro ou fora da caixa, seremos SPORTING sempre.

Siga-nos no Facebook

Castigo Máximo

Comentários recentes

  • Pedro Azevedo

    Obrigado eu, José.

  • Jose

    Este post exibe a marca na ourela. Obrigado por no...

  • Anónimo

    Que falta fizeram Pedro Gonçalves e Nuno Santos! A...

  • Pedro Azevedo

    Eu é que lhe agradeço a gentileza, caro José. Vamo...

  • Jose

    Outra crónica fabulosa. Claro que sei que estes f...