Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Castigo Máximo

De forma colocada, de paradinha, ou até mesmo à Panenka ou Cruijff, marcaremos aqui a actualidade leonina. Analiticamente ou com recurso ao humor, dentro ou fora da caixa, seremos SPORTING sempre.

De forma colocada, de paradinha, ou até mesmo à Panenka ou Cruijff, marcaremos aqui a actualidade leonina. Analiticamente ou com recurso ao humor, dentro ou fora da caixa, seremos SPORTING sempre.

Castigo Máximo

03
Jul19

Tudo ao molho e fé em Deus - Bola parada


Pedro Azevedo

À falta de ver a bola entrar nas balizas, a tribo do ludopédio encontra no Verão outras formas de entretenimento. A mais comum é o campeonato das transferências. Este tem uma componente de previsão do seu impacto desportivo e outra de análise da sua consequência económica. Ora, havendo duas valências a considerar, nada como chamar às televisões o Brás&Braz, o homem da acção dupla. Enquanto o Brás é uma espécie de Melquíades (dos Cem anos de solidão) da vidência futebolistica, o seu alter-ego Braz é simultaneamente um Keynes da multiplicação dos pães lá para as bandas de Carnide e um Hayek do controlo da inflacção dos preços em Alvalade. Também conhecido por ser o pai do "Défice Positivo", confunde amiúde nas suas análises Resultados com liquidez (o que está protocolado entregar aos Bancos aquando das vendas de jogadores só tem impacto na Tesouraria), arte em que aliás é bem secundado por outros comentadores habituais do panorama da bola.

 

Outra animação que últimamente não se dispensa no período estival é uma Assembleia Geral do Sporting. Para não variar das decisões das taças nos penáltis, também para a AG do próximo fim-de-semana se anunciam grandes penalidades. Espero que, como tem sido hábito no campo, o Sporting no fim ganhe. E assim, de saga em saga, de sequela em sequela, lá caminharemos para o arranque oficial da época a 4 de Agosto. No Algarve, pois claro. Em que outro local seria tão propício dar um banho de bola ao rival?

2 comentários

  • Imagem de perfil

    Pedro Azevedo 06.07.2019

    Não há como não concordar com o que diz. A cláusula baixa introduzida no acordo com o Alanyaspor no tempo de Cintra e Peseiro condiz bem com a narrativa actual de que a geração 17/23 não tem valor. A sorte do Demiral foi sair daqui. Se tivesse ficado seria na melhor das hipóteses o bisneto do Neto.
    Está ali o novo Bonucci e a Juventus na anda a brincar ‘ às casinhas’ na hora de escolher os melhores jogadores para si.

    Cumprimentos
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Mais sobre mim

    Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Mensagens

    Arquivo

    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2020
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2019
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2018
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D

    Castigo Máximo

    De forma colocada, de paradinha, ou até mesmo à Panenka ou Cruijff, marcaremos aqui a actualidade leonina. Analiticamente ou com recurso ao humor, dentro ou fora da caixa, seremos SPORTING sempre.

    Siga-nos no Facebook

    Castigo Máximo

    Comentários recentes

    • Pedro Azevedo

      Não joga o Palhinha, jogará outro. Por alguma razã...

    • Pedro Azevedo

      Num exercício meramente especulativo, imagino que ...

    • Pedro Azevedo

      Penso que jogará o Ugarte, que é tanto 6 como 8. O...

    • Verde Protector

      Estou bastante preocupado com esta ausência do Pal...

    • Pedro Manso

      Caro Pedro,Depois das declarações do ... president...