Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Castigo Máximo

De forma colocada, de paradinha, ou até mesmo à Panenka ou Cruijff, marcaremos aqui a actualidade leonina. Analiticamente ou com recurso ao humor, dentro ou fora da caixa, seremos SPORTING sempre.

De forma colocada, de paradinha, ou até mesmo à Panenka ou Cruijff, marcaremos aqui a actualidade leonina. Analiticamente ou com recurso ao humor, dentro ou fora da caixa, seremos SPORTING sempre.

Castigo Máximo

18
Set20

Voar como o Jardel sobre os centrais


Pedro Azevedo

Mário Jardel perfaz hoje 47 anos. Em dia de aniversário, nada como oferecer de presente, a ele e a todos os Leitores de Castigo Máximo, este golo marcado ao Vitória de Setúbal que me desperta tantas recordações por motivos não exclusivamente relacionados com o futebol. Nessa noite tive um jantar em Alenquer, repasto há muito agendado que não me permitiu ir a Alvalade. A mesa estava quase completamente preenchida por Sportinguistas (cerca de uma dúzia) e o Tomaz, de transistor colado ao ouvido, ia-nos dando novidades sobre o jogo. Ainda antes do intervalo, uma péssima notícia: o Marius Niculae lesionou-se com gravidade. O tempo passava, o marcador não se alterava e o nosso grupo desesperava. Tudo levava a crer que uma vez mais o velho fado leonino se iria entoar. Mas nós tínhamos o Jardel! E em cima da hora ele lá nos salvou. Bom, mas o melhor é deixar correr as imagens. Elas, muito mais do que a minha prosa, farão justiça ao goleador que foi Mário Jardel. Parabéns! E saudades...

 

P.S. No banco do Vitória, após aquele golo de gala, o JJ até teve de dar brilho ao sapato...

4 comentários

  • Imagem de perfil

    Pedro Azevedo 19.09.2020

    O Beto colocou lá a bola, é bem lembrado. Mas quantas vezes a bola não é metida ali para o molho sem que daí nada resulte de positivo? Antigamente acontecia mais esse tipo de jogo directo no fim, hoje os treinadores tentam manter-se fiéis aos seus princípios de jogo até ao último segundo. Com isto não retiro o mérito ao Beto, que a 40 metros pôs a bola aonde devia. Por acaso até gostava mais de o ver a sair com bola do que a passar longo, recordo até um golo ao Benfica (lembra-se), era o Manuel Fernandes o nosso treinador, numa vitória nossa por 3-0, que começou numa iniciativa cá de trás do Beto que ele próprio depois concluiu com uma ‘bomba’. Está aqui:

    https://m.youtube.com/watch?v=Z7t3S-_iitI

    Saudações Leoninas

    PS: Também gosto muito do Gonçalo Inácio e da sua capacidade de passe. Além disso, não sendo extremamente rápido, vejo nele inteligência de posicionamento e antecipação dos lances que lhe permitem encurtar espaços aos adversários. Mais um bom produto da nossa Academia.
  • Sem imagem de perfil

    Anónimo 19.09.2020

    Sim grande golo. Beto foi campeão, tempos em que o Sporting contava.
    Voltando ao Jardel ele era o que se chamava um abono de família, o seguro de vida do Sr. Bolóni.
    Falta hoje um goleador ao Sporting. Nos anos em que foi campeão houve sempre um homem- golo.
    SL
  • Imagem de perfil

    Pedro Azevedo 19.09.2020

    O Sporting conta sempre, nem que seja para a sua enorme e fantástica massa associativa que acredita até ao fim.

    Tem razão, desde que me lembro tivemos Yazalde (74), Manuel Fernandes e Jordão (80 e 82), Acosta (2000) e Jardel (2002), todos homens-golo. E quando perdemos por pouco também os tivemos: Liedson ou Slimani.

    Saudações Leoninas
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Mais sobre mim

    Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Mensagens

    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D

    Castigo Máximo

    De forma colocada, de paradinha, ou até mesmo à Panenka ou Cruijff, marcaremos aqui a actualidade leonina. Analiticamente ou com recurso ao humor, dentro ou fora da caixa, seremos SPORTING sempre.

    Siga-nos no Facebook

    Castigo Máximo

    Comentários recentes