Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Castigo Máximo

De forma colocada, de paradinha, ou até mesmo à Panenka ou Cruijff, marcaremos aqui a actualidade leonina. Analiticamente ou com recurso ao humor, dentro ou fora da caixa, seremos SPORTING sempre.

De forma colocada, de paradinha, ou até mesmo à Panenka ou Cruijff, marcaremos aqui a actualidade leonina. Analiticamente ou com recurso ao humor, dentro ou fora da caixa, seremos SPORTING sempre.

Castigo Máximo

23
Out20

Yo no creo en brujas, pero que las hay, las hay


Pedro Azevedo

Sancho Pança dizia ao seu mestre "yo no creo en brujas, pero que las hay, las hay". Com esta frase, Cervantes colocou na boca do fiél escudeiro de D. Quixote um sentimento por muitos partilhado: não sendo racional acreditar na existência de bruxas, a superstição acaba por fazer temer esses míticos seres do oculto. 

 

O que dizer então da 3ª eliminatória da Taça de Portugal onde o sortilégio colocou frente-a-frente o Fafe e o Vilar de Perdizes? De um lado o Bruxo de Fafe, do outro a aldeia mais mística de Portugal, o jogo (aguardado para o dia 22 de Novembro) promete atrair à cidade do distrito de Braga curiosos interessados em ver bruxos e bruxas, diabos e mafarricos. Todos na esperança de literalmente observarem dentro das 4 linhas aquilo que um adepto Sportinguista figurativamente já há muito se apercebeu: é que, no relvado, o futebol português é solo fértil para o sobrenatural.  

2 comentários

  • Imagem de perfil

    Pedro Azevedo 24.10.2020

    Caríssimo Aboím,

    Vilar das Perdizes está no mapa pelo Congresso de Medicina Popular (já vai na 31ª edição, segundo li) que se realiza anualmente, com temas como ervanária, parapiscologia, exorcismo, bruxaria, esoterismo e magia. Há também os jantares de sexta-feira 13 e o Dia das Bruxas. Neste último o prato forte é o esconjuro realizado pelo Padre Fontes. Todos estes eventos atraem milhares de pessoas às ruas da aldeia, tornando-a um dos locais icónicos de festas de rua em Portugal.

    Também eu tenho muita pena que o João tenha perdido a rosa. Mas está ali um leão! Tenho de lhe agradecer pela quantidade de vezes que se fez ouvir o nome de Portugal e pela atitude cheia de garra e de abnegação que caracteriza o povo português que não é de truques nem está sempre de mão estendida e espinha dobrada, e luta leal, séria e dignamente por atingir os seus objectivos.

    Vietto e Pinto da Costa: um nunca devia ter vindo, outro já devia ter saído há muito tempo. Vietto custou 7,5 milhões de euros, mais cerca de 300.000 euros em comissões pagas. O Atlético de Madrid ficou com 50% de uma futura venda. Logo, se foi agora vendido por 8 milhões, significa que o Sporting irá receber 4 milhões. Quedar-se-á ainda com remanescentes 25%, dos quais os "colchoneros" terão direito a metade do valor da venda. Portanto, uma menos-valia de 3,5 milhões de euros, mais 300 mil de comissões, mais ordenados anuais de 3,5 milhões de euros segundo noticiou a imprensa. Não creio que o seu rendimento desportivo tenha compensado isso. Num momento em que calculo que o nosso desequilíbrio previsível nos resultados antes de venda de jogadores esteja acima dos 90 milhões de euros negativos, torna-se fundamental libertar da folha salarial custos incomportáveis com jogadores cujo rendimento desportivo anual não seja decisivo para o sucesso. É o caso, na minha opinião. Uma boa decisão, um stop-loss face a uma má decisão inicial. Claro, poder-se-á sempre questionar o valor da venda, mas quando Bas Dost é vendido por 6 milhões líquidos ou Acuña, titular da selecção argentina, por 9,5 milhões (100% do passe)... Quanto a Pinto da Costa, não me revejo de todo na sua forma de estar no futebol. Mas Varandas quis matar uma mosca com um canhão, respondendo assim a uma ironia que pôs em casa a sua competência como presidente. Com todas as letras. Poderia apenas ter dito que ouvindo as escutas do apito dourado concluiu que no dia em que PdC se aposentar prestará um relevante serviço ao futebol português, o que seria equilibrado. Não creio que o epíteto de bandido, usado repetidamente, tenha acrescentado. Escutas do Apito Dourado ouvimos todos. E todos tirámos as nossas conclusões acerca de um processo que não avançou por as escutas terem sido consideradas ilegais. Emails do Benfica também andam por aí. Mas o Sporting não recorreu da decisão do processo E-toupeira e eu creio que na vida se deve ser congruente para nos levarem a sério e tudo não ser ruído. De qualquer forma, as declarações de hoje estou em crer que abrirão uma Caixa de Pandora de acusações mútuas. Vamos ver o que virá a seguir. Devo dizer que não sou nem nunca fui daqueles que fica ufano após declarações deste tipo. Muitos adoram, mas se formos a ver o efeito positivo para o Sporting é nenhum e ainda cria tensão entre adeptos rivais. E depois os tais presidentes agora aparentemente nos antípodas acabam por se entender e tudo ainda faz menos sentido. Recordo o discurso de Filipe Soares Franco sobre o Papa estar a morrer, as nádegas do Bruno e depois leio FSF dizer que teve uma boa relação com PdC e Bruno afirmar que PdC o surpreendeu pela positiva e ainda ganho mais argumentos para não embandeirar em arco com este tipo de coisas. O que eu penso é que, se queremos mudar algo, deveremos agir junto das entidades competentes. Que no futebol são Liga e Federação, na justiça é o Ministério Público se tivermos informações relevantes para denunciar e em termos de poder executivo é o governo. Francamente gostei muito mais do discurso de Varandas a seguir ao jogo com o Porto, onde alertou para a falta de uniformidade de critérios quando em causa está o Sporting. Essa sim é a nossa luta, de todos os Sportinguistas. A da verdade desportiva. E, essencialmente, visa algo prático.

    SL

    Um abraço
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Mais sobre mim

    Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Mensagens

    Arquivo

    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2020
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2019
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2018
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D

    Castigo Máximo

    De forma colocada, de paradinha, ou até mesmo à Panenka ou Cruijff, marcaremos aqui a actualidade leonina. Analiticamente ou com recurso ao humor, dentro ou fora da caixa, seremos SPORTING sempre.

    Siga-nos no Facebook

    Castigo Máximo

    Comentários recentes

    • Pedro Azevedo

      Não queria aqui introduzir a clubite, pese embora ...

    • José da Xã

      Uma vergonha.O mais estranho é que há lampiões a v...

    • Manuel Cunha

      Caro PedroBurrice minha. Peço desculpa.Pelo impact...

    • Pedro Azevedo

      Caro Manuel Cunha, pode escalonar os 6 treinadores...

    • Manuel Cunha

      Eu diria o Amorim, pois esteve sozinho sem influên...